Movimento em aeroporto de Manaus menor no fim de ano

Após um ano turbulento e considerado o mais longo de todos, 2020 está na reta final. Mesmo com a mudança de comportamento em função da pandemia, as merecidas férias e as tradicionais comemorações do Natal e do Ano Novo, não devem passar em branco.  No período que antecede as festas de fim de ano, entre 18 de dezembro e 4 de janeiro de 2021, o movimento no  Aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus (AM), deve receber 117,06 mil passageiros.

O número representa queda de 31% em relação aos 169,75 mil viajantes contabilizados de 20 de dezembro de 2019 a 6 de janeiro deste ano. Durante a alta temporada, o terminal manauara também deve receber 977 aeronaves, entre pousos e decolagens, o que significa 403 operações a menos que no mesmo período do ano anterior. 

Apesar da queda, muita gente já está de malas prontas para as férias e só regressa em janeiro de 2020 – é o que revelam várias pesquisas sobre o interesse das pessoas em viajar, principalmente após a liberação das viagens e dos aeroportos com todas as recomendações e a adoção das medidas de segurança. 

Acostumada a viajar ao menos quatro vezes no ano para fora do país, a advogada Nádia Suzano quer aproveitar o momento com a família e resolveu fechar pacotes para passar o Réveillon na cidade de Natal – Rio Grande do Norte.  “Não era a viagem que gostaríamos de fazer, mas após um ano tão exaustivo, estressante, e desafiador, nos permitimos”. Ela frisa que a prioridade é realizar uma viagem segura obedecendo todos os protocolos. E garante que entre as bagagens está o kit Covid-19. “Um pilha de máscaras. E alguns frascos de álcool em gel, que nesse caso, vamos levar poucos. Decidimos deixar para comprar mais quando estivermos na cidade”. 

O assessor parlamentar Júlio Matos, acostumado a viajar neste período, optou por ir para o Rio de Janeiro. Mas a viagem que ele gostaria de fazer era para Fortaleza, mas as vagas no hotel que sempre se hospeda estavam com o limite de capacidade de 50% completo, recomendado pelos órgãos de saúde. E ele prefere ficar sempre no mesmo local por já conhecer a logística “Mas está tudo certo. Optamos em manter a viagem porque eu e a minha família estamos precisando aliviar a mente e sair um pouco da rotina”, conta ele.

Mesmo sem citar a estimativa no volume de vendas do setor para este fim de ano, a Abav-AM (Associação Brasileira das Agências de Viagens do Amazonas), afirma que muitos amazonenses fecharam e ainda seguem fechando pacotes para a temporada, mas para  para viagens pelo Brasil. De acordo com Jaime Mendonça, assessor da Abav-AM,  muitas pessoas optaram pelo Nordeste, Rio de Janeiro e Florianópolis, destinos que concentram um grande volume de praias. Ele diz ainda que para as praias como Maragogi, Jericoacoara e Pipa só há vagas a partir de 25 janeiro.

 “Mas  ainda há muitas pessoas que não decidiram, e com a notícia de uma possível abertura da fronteira dos Estados Unidos, junto com a retomada dos voos da American Airlines e Copa, no mês de janeiro de 2021, que estão com valores bem interessantes, acredito que teremos boa surpresa”. 

Para ele, a expectativa é de melhora com a retomada de voos internacionais, abertura de fronteiras, e esperar que o impacto da pandemia e o índice de desemprego e endividamento das pessoas não tenha sido tão brusco, “e que não atrapalhe nossa retomada, assim como de outros setores”. 

Movimentação

Já a Rede Infraero, com 32 aeroportos que recebem voos comerciais regulares, deve receber 1,91 milhão de passageiros nas festas de fim de ano. Essa projeção é 41% menor em relação ao que foi registrado na temporada passada, quando 3,27 milhões de pessoas embarcaram e desembarcaram entre os dias 20 de dezembro de 2019 e 6 de janeiro deste ano. 

Ao todo, os aeroportos administrados pela Infraero com voos comerciais regulares respondem por 29% da circulação de passageiros e aeronaves no País.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email