Movimentação no Aeroporto Eduardo Gomes recua em agosto

Após altas seguidas, o Aeroporto Internacional Eduardo Gomes registrou queda de 8,16% no movimento de embarques e desembarques, em relação ao mês de julho. De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), a queda foi puxada principalmente pelo número de embarques que totalizou a saída de 106.768 pessoas, volume menor que o registrado em julho com 115.916. O índice representa uma retração de 8,5%. 

Já em relação ao número de pessoas que desembarcaram no terminal, a queda foi de 7,75%, com 103.527 desembarques em agosto, abaixo dos 111.558  que desembarcaram em julho. 

Vale lembrar que em julho a alta foi de 68% na movimentação de passageiros em relação a igual mês do ano passado. Os dados de julho também são superiores ao mês junho deste ano  com incremento de 40% a mais em relação ao fluxo de turistas.

Os números da Infraero destacam que a demanda por serviços aéreos apresentou bom desempenho em agosto, com saldo positivo de crescimento de 16,5%. 

Embora a queda de agosto tenha apresentado recuo, quando analisado o acumulado de janeiro a agosto o desempenho entre embarques e desembarques apresentou crescimento de 16,5%. Cerca de  1.275.527 pessoas passaram pelo aeroporto. Já em 2020 o fluxo de passageiros contabilizou 1.065.232 pessoas chegando ou saindo da capital. O números de embarques e desembarques em relação a agosto passado, teve  crescimento de 45%.

Agosto morno

As estatísticas da Infraero vinham indicando índices positivos para o mercado de viagens que considerava as seguidas altas um reflexo de retomada para o setor. Apesar de o mês de agosto ser tradicionalmente morno para o setor, o empresário do trade turístico, Orsine Júnior, considera que o recuo está associado ao anúncio da variante Delta no Estado. Mas ele diz que o mês de setembro deve ganhar fôlego com a Temporada de Pesca Esportiva da Calha do rio Negro, que ocorre em outubro, mas que já movimenta este mês “Além disso, temos o feriado que esquentou bastante o segmento. Eu  tenho acompanhado também  que o turismo corporativo está melhorando. Que muitas cidades estão saindo das restrições, o que significa uma certa normalidade do ir e vir.  

“Nós recebemos um número elevado de pescadores de outros Estados para a temporada entre setembro e outubro.  Com a retomada das coisas saímos da inércia. Estamos  atingindo o nível antes da pandemia, o movimento chega a 40%, mas em relação à última temporada de pesca, em 2019, devemos chegar aos 50%. Eu acredito que vamos atingir com muito esforço das operadoras essa meta”. 

Em matéria publicada no portal G1 Amazonas, ao anunciar a retomada das atividades turísticas no Estado,  o governador Wilson Lima, ressaltou que o turismo foi um dos setores que mais sofreram com a pandemia. E falou que a Temporada de Pesca Esportiva deste ano deve gerar uma receita de mais de R$ 80 milhões para o Estado.

Movimentação e terminal

O crescimento registrado na movimentação de cargas no terminal de logística de cargas do Aeroporto Internacional de Manaus – Eduardo Gomes de janeiro a agosto de 2021, registrou alta de 23% se comparado com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a Infraero, os principais itens entre importações e exportações são concentrados em refrigerantes, descartáveis de higiene, peixes ornamentais, eletrônicos, máquinas de autoatendimento bancário (ATM), dentre outros. Os principais destinos são Argentina, Colômbia, Estados Unidos e países da Ásia. 

O superintendente da Infraero no Aeroporto Internacional de Manaus, Odone Bizz, comenta que o resultado positivo foi motivado pelo o atual cenário econômico da cidade com a retomada do ritmo de produção do Polo Industrial de Manaus. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email