Moto Traxx deve investir R$ 10 milhões em fábrica do PIM

Indústria vai ganhar mais 10.000 m2, que será destinado a setores de soldagem e pintura . Ampliação também vai permitir dobrar a produção anual para 200 mil motocicletas

Para aumentar produtividade e maior participação no pólo de duas rodas do Amazonas, a Moto Traxx da Amazônia vai estar investindo R$ 40 milhões em suas instalações no Brasil, sendo R$ 10 milhões destinados exclusivamente ao seu parque fabril no PIM (Pólo Industrial de Manaus), informou a direção da empresa.
De acordo com o diretor executivo da Moto Traxx, Rogério Scialo, a unidade fabril do PIM (Pólo Industrial do Amazonas), que atualmente ocupa uma área de 53.700 m2 , ganhará mais 10 mil m2 durante o processo da ampliação. “Esta nova área será destinada a setores de soldagem e pintura de peças” destacou Scialo.
A Moto Traxx também pretende elevar sua capacidade produtiva anual, que é de 100 mil unidades para 200 mil motocicletas. A ampliação da unidade fabril acarretará ainda no aumento no número de funcionários em 161%. “Atualmente, a fábrica da Moto Traxx no PIM emprega 155 funcionários e até o fim de 2009, mais 250 novos trabalhadores deverão estar em atividade”, destacou o executivo.
No parque fabril do DI (Distrito Industrial) são fabricadas três modelos de motos, e durante a 4ª Fiam (Feira Internacional da Amazônia), a fabricante de motocicletas apresentou seu mais novo modelo produzido na ZFM (Zona Franca de Manaus).
De acordo com a diretoria da empresa, a Moto Traxx pesquisa o mercado brasileiro e vem desenvolvendo produtos que atendam às expectativas e preferências do público brasileiro. “Para 2009, estão previstos mais quatro modelos para atender ao mercado brasileiro”, destacou Scialo.
Segundo o diretor-executivo da empresa, a produção deve ser decolar principalmente pelos investimentos que a empresa vem realizando na sua unidade da ZFM.
Com relação à competitividade, o diretor afirmou que a empresa tem condições e produtos para bater de frente com os demais concorrentes. “O momento é favorável para a produção de motocicletas, e além da marca ter alta qualidade, apostamos no pós venda, o que é fundamental para o crescimento da empresa e o grande diferencial do grupo”, observou Scialo.

Revenda vai ser ampliada

A Moto Traxx também está em fase de ampliação da sua rede de revendas. Hoje, possui aproximadamente cem revendas espalhadas por todo o país, com projeção de chegar a 150 concessionárias até o fim do ano. O diretor executivo da empresa informou ainda que nos próximos três meses, Manaus ganhará uma revendedora para atender ao mercado local.
A Moto Traxx da Amazônia é uma empresa do CSISG (China South Industry Corporation Group), que atualmente é o maior fabricante mundial de motocicletas do mundo, o que a torna uma multinacional de grade porte.
A empresa tem escritório comercial em São Paulo, que abriga os setores comercial e de marketing da empresa. Em Fortaleza-CE, onde se concentram a presidência, os setores administrativos, financeiros, de pós venda, trade marketing e o centro de distribuição de peças, e a sua fábrica em Manaus, que começou suas operações em janeiro deste ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email