A Moto Honda da Amazônia, maior empresa do Polo Industrial de Manaus prorrogou o período de suspensão das atividades produtivas da fábrica de Manaus devido ao impacto da pandemia da Covid-19. O retorno da produção, previsto para o dia 13 de abril, foi postergado para 20 de abril. Para essa decisão, a empresa considerou a saúde e segurança dos colaboradores, o agravamento na disseminação do novo coronavírus na cidade de Manaus e os impactos da pandemia no mercado de motocicletas. Os colaboradores permanecem em férias coletivas. Parte do grupo que desempenha atividades administrativas segue em regime de Home Office. Para as atividades imprescindíveis, que não podem ser realizadas a distância, será mantido um contingente mínimo de colaboradores, com as medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades para proteger as pessoas e conter a disseminação do vírus. A Moto Honda seguirá acompanhando o cenário, bem como as orientações governamentais, unindo-se aos esforços coletivos para conter os avanços da Covid-19.

Ponto facultativo

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), decretou ponto facultativo em todas as repartições públicas municipais nesta quinta-feira santa (9), dia que antecede a sexta-feira da Paixão no calendário cristão. O decreto foi publicado na edição 4.814, do Diário Oficial do Município. Entretanto, estarão mantidos os serviços essenciais.

Alcool 70

O grupo de pesquisa Química Aplicada à Tecnologia, da Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas, inicioua fabricação do álcool 70%. O processo de fabricação é realizado em três laboratórios da UEA e envolve 50 alunos e 13 professores do grupo de pesquisa Química Aplicada à Tecnologia. Foram produzidas 1.400 garrafas de 500ml, até o momento, que serão encaminhadas aos hospitais de Manaus.

Despesca

A Agência de Desenvolvimento Sustentável realizou a despesca de 16 toneladas de peixes de quatro produtores localizados na estrada de Rio Preto da Eva, dando início a um processo que, até o fim da semana, fará a despesca de 70 toneladas.

Mudança

A Fundação Amazonas de Alto Rendimento tem novo diretor-presidente. É Roberto Augusto Tapajós Folhadela, que substitui Caio André Pinheiro de Oliveira, exonerado para concorrer a vereador na eleição deste ano em Manaus.  A diretoria-administrativa financeira da Faar passa a ser exercida por Adérito da Costa Penafort Junior, e a diretoria técnica do órgão fica sob o comando de Francisco Edson Marques.

Medidas

A Suframa prorrogou até 30 de abril o prazo para empresas do Polo Industrial de Manaus preencherem suas informações socioeconômicas referentes aos meses de fevereiro e março no Sistema de Indicadores Industriais do PIM.  Também suspendeu o bloqueio automático do cadastro de empresas que deixarem de encaminhar as informações nos prazos hábeis. O procedimento está previsto para ser retomado a partir do mês de maio, caso o atual cenário de crise da saúde pública tenha sido amenizado e as empresas possam retomar suas atividades regulares.

Preços

O Instituto Estadual de Defesa do Consumidor está verificando, nos estabelecimentos comerciais de Manaus, o cumprimento da lei estadual nº 5.145, de 26 de março deste ano, que veta a majoração, sem justa causa, de preços de produtos e serviços no âmbito do Estado do Amazonas, enquanto estiver em vigor o plano de contingência para o combate ao novo coronavírus, e determina que o preço de referência que deve ser mantido para produtos e serviços é o que estava em vigor no dia 10 de março de 2020.

Vice-campeão

O Amazonas ultrapassa São Paulo e já é o segundo com maior número de casos de coronavírus do País por grupo de 100 mil habitantes. No balanço do Ministério da Saúde, a taxa do Estado é de 15,1 casos para cada 100 mil habitantes, perdendo apenas para o Distrito Federal com 16,1 casos. São Paulo aparece em terceiro com 12,2, seguido por Ceará com 11,4 e Rio de Janeiro com 9,7 casos para cada 100 mil habitantes.

On line

Quem tiver processo para regularização de imóvel junto à Diretoria de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas pode, desde ontem, esclarecer dúvidas e enviar suas sugestões e reclamações por meio de um novo campo dentro do Sistema de Gerenciamento de Atividades Técnicas. O novo canal foi desenvolvido para que os usuários possam acompanhar seu processo de casa, conforme explica o comandante-geral, coronel BM Danízio Valente.

Frases

“O produto que a requerente comercializa é perecível.” Aírton Gentil, desembargador, explicando em decisão por que autorizou uma empresa que vende chocolates a funcionar na quarentena

“O foco agora é somente a saúde.” Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas, em reunião com secretários, em que pediu corte de gastos

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email