29 de junho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Moto Honda doa motos para GACC desenvolver trabalho

A entrega aconteceu na casa da criança da entidade, localizada no conjunto Dom Pedro, Zona Oeste de Manaus e foi acompanhada por diretores, voluntários e crianças da Casa.

Ampliando seu trabalho na área de responsabilidade social, onde busca dar uma parcela de contribuição a sociedade, a Moto Honda da Amazônia fez na última quinta-feira a doação de duas motocicletas ao GACC (Grupo Amazonense de Apoio à Criança com Câncer).
A entrega aconteceu na casa da criança da entidade, localizada no conjunto Dom Pedro, Zona Oeste de Manaus e foi acompanhada por diretores, voluntários e crianças da Casa.
Representando a empresa, estavam o gerente de gestão ambiental e responsabilidade social, Josué Campus, e a coordenadora institucional, Francisca Viana. Segundo a coordenadora a Moto Honda da Amazônia é uma das mantenedoras do GACC e desenvolve um trabalho social e de assistência com a entidade há bastante tempo.
Ela explicou ainda que a sociedade hoje busca produtos de qualidade no mercado, mas também leva em conta o trabalho social que a empresa desenvolve na comunidade onde está atuando e essa é a política da empresa desde sua fundação, ser desejada pela sociedade. Francisca Viana fez um apelo, para que o exemplo da empresa seja copiado e que mais doações cheguem à entidade
Ela informou que as doações aconteceram após a solicitação feita pela entidade e depois de analisada pela diretoria da empresa foi acatada. As motocicletas foram recebidas pela presidente voluntária do GACC Jakeliny Bastazini, e serão utilizadas na área administrativa, mas principalmente na arrecadação de doações “Estamos com um projeto de telemarketing, pedido a colaboração da sociedade e as motocicletas, serão usadas nesse trabalho de apanhar as doações nas residências”, declarou.

Crianças da região

Atualmente, o GACC atende 28 crianças com acompanhantes da região norte, interior do Amazonas e de alguns países vizinhos, além de manter pelo menos 120 famílias que tem crianças com a doença. Além de cestas básicas distribuídas a essas famílias, a entidade atende as crianças internadas com fraudas e remédios.
De acordo com a presidente, a maior dificuldade é com relação à doação de alimentos perecíveis, como carne, frango charque, entre outros. Jakelini disse que qualquer pessoa pode fazer doação e se cadastrar no órgão sem obrigação de valores ou quantidade de alimentos. Se o doador não tiver condições ou tempo de deixar a doação, basta ligar para o número 3656-1811 informando o endereço que agora o moto boy vai apanhar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email