Moto Honda abre as portas para juízes do Trabalho aprovados em concurso

Conhecer a maior empresa do setor de duas rodas do PIM (Pólo Industrial de Manaus), os benefícios que os colaboradores e seus dependentes recebem da empresa japonesa, além das condições de trabalho. Esse foi o motivo da visita de 14 juizes do Trabalho substituto às instalações da Moto Honda da Amazônia, ontem. Os juizes foram aprovados no concurso público realizado pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho) no ano passado.
Antes de conhecer as dependências da fabricante de motos e verificar as condições de trabalho, os juizes receberam informações sobre o desempenho da fabrica no pólo, as atividades desenvolvidas em todo o complexo, bem como os benefícios regidos por lei e as atividades extra-trabalho realizado pela empresa.
Segundo o gerente institucional Mário Okubo, a visita não foi uma fiscalização, mas serviu para mostrar o respeito que a empresa tem pelos seus colaboradores e serviu também para estreitar o dialogo entre a empresa e a instituição, além de apresentar de forma bem ampla que a Moto Honda da Amazônia, mantém suas obrigações trabalhistas “A determinação é fazer com que a nossa empresa seja sempre desejada pela sociedade, por isso mantemos esse padrão de atendimento e apoio aos nossos colaboradores”, disse
Segundo Okubo, apesar de ser a maior empresa do setor no Pólo Industrial de Manaus, com quase 9.500 colaboradores, a Moto Honda da Amazônia, mantém um índice muito baixo de reclamações trabalhistas, não chegando a 3% com relação ao numero de colaboradores.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email