Morre pioneiro das comunicações Khaled Hauache

Um dos pioneiros da televisão no Amazonas, e um dos ícones das comunidades muçulmana e árabe no Estado, em especial da colônia síria, o empresário Khaled Ahmed Hauache, morreu aos 102 anos, neste sábado (28/11).

Khaled Hauache era casado com a ex-deputada federal, empresária e jornalista Sadie Hauache, com quem teve quatro filhos, além de 12 netos e nove bisnetos.

Khaled Ahmed Hauache fundou a TV Ajuricaba, no final da década de 1960, e a TV Manaus, na década de 1990, que deu origem à TV Em Tempo. No ramo comercial, ele também se destacou no segmento de manufatura de juta e de tecidos, antes mesmo da implantação do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Em nota, o Governo do Amazonas manifestou profundo pesar pelo falecimento do empresário. O Governo do Amazonas reconhece a contribuição de Khaled Ahmed Hauache para o Amazonas e presta suas condolências aos familiares e amigos.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lamentou a morte do empresário. “Um empreendedor nato, visionário e de enorme coração. Assim era o senhor Khaled Hauache, que no final dos anos 60 foi o pioneiro no Amazonas a investir no segmento de televisão, além de atuar em outros segmentos, como juta e tecidos. Eu e minha esposa Elisabeth Valeiko Ribeiro recebemos com tristeza a notícia sobre a morte do Khaled. À querida Sadie, aos filhos, netos e bisnetos, o nosso fraterno abraço”, disse o prefeito de Manaus.

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, Joelson Silva (Patriota), também manifestou pesar, em nome de todos os vereadores, pela morte do empresário.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email