19 de abril de 2021

Morre economista Ruy Alberto Costa Lins

Ex-presidente da Suframa faleceu de complicações pós-operatórias na madrugada de ontem

Morreu na madrugada de ontem (30) o ex-presidente da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), Ruy Alberto Costa Lins. Formado em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Amazonas e Mestre em Análises Econômicas pelo Conselho Nacional de Economia, Ruy Lins era ocupante da cadeira número 10 da Academia Amazonense de Letras. Após passar por cirurgia cardíaca recente, o professor adjunto da Universidade Federal do Amazonas, morreu de complicações pós-operatórias.
O professor foi velado ontem, 30, na sede da AAL (Academia Amazonense de Letras) e o enterro está marcado para às 9 horas de hoje (1) no Cemitério São João Batista, Praça Chile, Adrianópolis, Manaus. Ruy Lins deixou saudosos a esposa, Regina Assi, os três filhos, Alexandre, Frederico e Ana Paula e três netos, Victor, Fernanda e Ruy Alberto. “Meu pai foi meu referencial de vida, um homem brilhante e muito digno”, lamentou a filha caçula Ana Paula Lins.
“O acadêmico Ruy Lins prestou grandes serviços à comunidade, principalmente, como secretário e superintendente da Zona Franca de Manaus. Como professor e pesquisador foi um homem comprometido com as questões do desenvolvimento social e econômico do Amazonas”, declarou o presidente da AAL, José Braga.
Nascido em abril de 1934, Ruy Lins foi nomeado superintendente da Suframa em 15 de março de 1979. Sua gestão foi marcada pelo aumento da participação do órgão nos outros Estados da Amazônia Ocidental. No exercício do cargo, construiu o Campus da Universidade do Acre, implantou os distritos industriais de Rio Branco/AC e Boa Vista/RR, construiu o mini-campus da Universidade Federal do Amazonas, criou a Fucapi (Fundação Centro de Análise de Produção Industrial) como laboratório de aplicação, estimulou a criação do Centro das Indústrias e da Associação dos Exportadores da ZFM. Em sua gestão também foram criados, em 1982, os Prêmios Suframa de Jornalismo, História, Literatura e Artes Plásticas. Deixou o cargo em 21 de junho de 1983.
Ruy Lins, também, foi professor adjunto do Departamento de Economia e Análise e Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Amazonas, onde foi diretor da antiga Faculdade de Ciências Econômicas, membro do Conselho Técnico Administrativo, Conselho Departamental e Congregação, e vice-diretor e diretor (em exercício) da Faculdade de Estudos Sociais, onde foi chefe do Departamento de Economia e Análise e coordenador do Colegiados de Cursos. Foi membro do Conselho Universitário e do Conselho Diretor da Fundação Universidade do Amazonas. “Um amazonense que trabalhou em prol do desenvolvimento do Amazonas. Ruy Lins conquistou o respeito e a admiração de todos que conviveram com ele por meio da sua inteligência e competência”, afirmou Rosa Mendonça de Brito, acadêmica, doutora em filosofia e professora da Ufam.
Entre os vários cargos que ocupou destacam-se, ainda, Secretário Geral da Junta Comercial do Amazonas, Secretário Executivo do Codeama (Conselho Consultivo da Comissão de Desenvolvimento Econômico do Amazonas), Secretário de Estado de Administração, Secretário de Estado de Planejamento, sócio efetivo do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas, membro da Associação dos Escritores do Amazonas e da Associação Amazonense de Imprensa.
“Um traço marcante da personalidade do Ruy era a seriedade, sobriedade e honestidade. Minha lembrança mais marcante do convívio com ele foi o momento da minha indicação para a academia, ele e Arlindo Porto foram designados para comunicar a minha eleição. Foi ele quem me condecorou com o colar da AAL”, declarou o secretário-geral da AAL, Almir Diniz.
Ruy Lins também publicou vários livros com temas relacionados à história e ao desenvolvimento do Estado, tais como: Principais Linhas de Ação da Superintendência da Zona Franca de Manaus; Institucionalização do Conceito de Amazônia Ocidental: Políticas e Estratégias para sua Ocupação e Desenvolvimento; Alguns Momentos Especiais e A Trajetória da Faculdade de Ciências Econômicas do Amazonas – uma contribuição para a sua História.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email