Moeda americana cai pelo segundo dia consecutivo e fecha a R$ 1,830

Os preços da moeda americana cederam pelo segundo dia consecutivo, numa semana em que os agentes financeiros parecem rever o pessimismo em relação à economia global que dominou o início do ano. Embora as principais preocupações -China, Grécia e recuperação vacilante dos EUA- continuem no radar, algumas notícias um pouco mais positivas favoreceram as Bolsas de Valores e contribuíram para um novo repique das taxas de câmbio.

Dessa forma, o dólar comercial foi vendido por R$ 1,830, em um decréscimo de 1,66% nas últimas operações de hoje. As cotações oscilaram entre R$ 1,854 e R$ 1,828. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,940, em queda de 2,02%.

Aumento nas vendas

No front externo, além do lucro da gigante americana Whirpool ter dobrado em relação a 2008, a Alemanha, um das maiores economias mundiais, registrou aumento nas vendas de varejo. Também nos EUA, cresceram as vendas pendentes de imóveis, em linha com as expectativas.

No front doméstico, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor), da Fipe-USP, teve variação de 1,34% em janeiro no município de São Paulo, a maior alta mensal desde fevereiro de 2003. A Fipe revisou suas projeções e já espera uma inflação mais alta em 2010, próxima de 5%. Já o IBGE apontou uma retração de 7,4% da produção industrial ano passado, a pior desde 1990.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email