18 de abril de 2021

Ministro diz que orientação para gravidez de soropositivos está em estudo

O ministro José Gomes Temporão (Saúde) afirmou hoje que ainda não tomou uma decisão sobre o documento com orientações para soropositivos que queiram ter filhos

O ministro José Gomes Temporão (Saúde) afirmou hoje que ainda não tomou uma decisão sobre o documento com orientações para soropositivos que queiram ter filhos. De acordo com reportagem publicada hoje pela Folha de S.Paulo, o Ministério da Saúde prepara um texto com orientações para casais com HIV que queiram ter filhos, com datas e condições clínicas específicas para minimizar o risco de transmissão do vírus.
De acordo com o ministro, ainda “não há nenhuma definição” sobre isso. “Isso é um estudo. Há um comitê que está discutindo a questão e o ministério ainda está esperando as conclusões desse comitê”, disse o ministro.
Ele disse que as declarações de Andrea da Silveira Rossi, consultora técnica do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais, presentes na reportagem, refletem apenas “a opinião de uma pesquisadora”.
“O que nós queremos é que todas as mulheres brasileiras que queiram ter filhos os tenham em condições seguras para si e para os seus bebês. Esse é objetivo do trabalho. Mas ainda não há nenhuma definição de como isso vai ser feito, em que contexto vai ser feito”, concluiu. “Foi apenas uma opinião de uma das pessoas que participam do processo. Ainda vamos ter um longo caminho pela frente que é concluir o estudo e o ministério receber as recomendações.”
As declarações do ministro foram dadas após audiência pública realizada no Senado para discutir os objetivos do milênio estabelecidos pela ONU. Até 2015, o Brasil precisa alcançar o índice de mortalidade materna de 35 mortes a cada mil nascimentos, mas, em 2008, o indicador estava em 75 mortes por mil nascimentos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email