Ministro concede liminar a presos pela Hurricane 4

A decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello, que concedeu liminar em habeas corpus para 15 presos pela quarta etapa da operação Hurricane (furacão), da Polícia Federal, só beneficia dois envolvidos -Luciano Andrade do Nascimento e Marcos Antônio Machado Romeiro.
Os demais acusados continuarão presos, já que existe ordem de prisão vigente contra eles na primeira fase da operação, que investiga a compra de sentenças judiciais para beneficiar a máfia dos bingos e caça-níqueis.
Permanecerão presos, segundo a Justiça Federal do Rio de Janeiro, Laurentino Freire dos Santo, José Renato Granado Ferreira, Júlio César Guimarães Sobreira, Paulo Roberto Ferreira Lino, Marcelo Kalil Petrus, Nagib Teixeira Suaid, João Oliveira de Farias, Belmiro Martins Ferreira, Marcos Antonio dos Santos Bretas, Licínio Soares Bastos, além dos bicheiros Ailton Guimarães Jorge (Capitão Guimarães), Aniz Abrahão David (Anísio) e Antonio Petrus Kalil (Turcão).
A primeira etapa da Operação Hurricane, deflagrada em 13 de abril, prendeu 25 pessoas, entre magistrados, bicheiros, policiais, empresários, advogados e organizadores do Carnaval do Rio.
A Polícia Federal deflagrou a segunda fase da Hurricane em junho. Desta vez, o foco eram policiais acusados de receberem propina para facilitar a ação da máfia dos bingos e dos caça-níqueis. Em julho, a PF deflagrou a terceira fase da Operação Hurricane, atingindo policiais acusados de receber propina da máfia dos jogos. No final de agosto, a PF desencadeou a quarta etapa da operação Hurricane, com a prisão do tesoureiro da máfia dos caça-níqueis, Marcelo Kalil Petrus, filho de Turcão.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email