Ministro aponta terra, tecnologia e gente de alta qualidade para sucesso

O Brasil é considerado uma potência agrícola mundial e é o maior exportador do mundo de carne, frango, soja (em grãos, farelo e óleo de soja), açúcar, álcool e suco de laranja. Até agora, as exportações do setor de agribusiness no Brasil cresceram 20% em relação ao ano passado. Em 2006, as exportações desses produtos chegaram a 36% do total vendido pelo Brasil no mercado externo. Para o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, esse sucesso pode ser explicado por uma combinação excepcional de fatores.

“Temos grande extensão de terras férteis, o melhor clima, água abundante e tecnologia desenvolvida no setor. Além disso, nossos agricultores são descendentes dos agricultores europeus que levaram sua eficiência ao Brasil. Ou seja, poucos países têm essa combinação de alta eficiência e qualidade em terra, tecnologia e pessoal”, destacou Reinhold Stephanes, que visitou durante o fim de semana a Anuga, maior feira de alimentos do mundo, que se realiza em Colônia, na Alemanha.

Dados oficiais mostram que a União Européia é o maior mercado para produtos da agroindústria brasileira, e absorve 31,4% das exportações brasileiras desses produtos. Mas os produtos brasileiros podem ser encontrados em todos os continentes do mundo, como é o caso da carne bovina, por exemplo, que é exportada para 140 mercados estrangeiros. Esse número de compradores é uma das provas da qualidade da carne brasileira, segundo o ministro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email