Ministério Público quer mais um leilão de bois piratas do Pará

Quase dois meses depois do primeiro leilão do “boi pirata”, rebanho apreendido em junho na Estação Ecológica da Terra do Meio, no Pará, o MPF (Ministério Público Federal) no estado pediu à Justiça um levantamento de quantas cabeças de gado ainda estão na unidade de conservação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email