Ministério do Turismo deve ter US$ 25 mi do Programa de Turismo

O MTur (Ministério do Turismo) ganhou um reforço importante para auxiliar Estados e municípios no planejamento e na execução de obras e projetos de interesse turístico. Foi assinado na última quinta-feira (17), em Brasília, o primeiro contrato do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur Nacional), no valor de US$ 25 milhões em recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e do governo federal.
“O Prodetur tem propostas de financiamento de cerca de US$ 1.5 bilhão. Os US$ 15 milhões do BID (US$ 10 milhões são de contrapartida federal) permitirão que o MTur aumente a sua capacidade técnica para acompanhar e orientar os estados na aplicação dos recursos do programa”, afirmou o ministro interino do Turismo, Mário Moysés.
Atualmente, 20 Estados e 10 municípios participam do Prodetur e novos contratos devem ser assinados ainda este ano.
O presidente do BID, Luis Alberto Moreno, ressaltou, ao assinar o contrato, o potencial de crescimento do turismo brasileiro. “É um segmento que tem enorme capacidade de expansão no Brasil e o BID quer acompanhar e participar desse processo”. Ao citar como exemplo a África do Sul, ele acrescentou que o Brasil também deve aproveitar eventos como a Copa e a Olimpíada para criar novos roteiros e atrair mais turistas internacionais.
O contrato do MTur foi assinado na sede do BID em Brasília pelo presidente do BID e pela procuradora da Fazenda Nacional, Fabíola Saldanha. Participaram também do ato o representante do BID no Brasil, José Luiz Lupo, o diretor de Programas Regionais de Desenvolvimento do Turismo do MTur, Edimar Gomes da Silva e técnicos das duas entidades.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email