Microsoft negocia participação

A Microsoft está conversando com o Facebook para comprar uma participação minoritária na rede de relacionamentos sociais, segundo informações do Wall Street Journal. O Facebook cresce rapidamente e, a se julgar pela oferta feita pela Microsoft, já vale mais de US$ 10 bilhões.
Citando pessoas próximas às negociações, o Wall Street Journal disse que a Microsoft deseja comprar uma participação de até 5% do Facebook por algo entre US$ 300 milhões e US$ 500 milhões.

Liderado por seu criador, Mark Zuckerberg, de 23 anos, o Facebook pode insistir numa avaliação de até US$ 15 bilhões e considera obter um aporte de até US$ 500 milhões para expandir suas operações. Um acordo como esse poderia ajudar a Microsoft a competir com o Google pelo mercado crescente de propaganda pela internet e colocar um dos nomes mais quentes da web no campo da Microsoft.

O Google também manifestou seu interesse em investir no Facebook, disse o WSJ. “O negócio seria ótimo para a Microsoft, uma vez que ela não tem tido sucesso em criar serviços na web que agradem os jovens”, disse Kim Caughey, da Fort Pitt Capital.
O Facebook – que permite aos participantes procurar alguém do círculo de amigos – tem sido alvo de especulação cada vez maior na medida em que expande sua base de usuários e anunciantes. O Facebook atingiu 39 milhões de usuários e está ganhando terreno do seu maior rival, o MySpace, comprado pela News Corp., de Rupert Murdoch, em 2005.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email