Microempresas brasileiras vão negociar com européus

As PMEs (Pequenas e Médias Empresas brasileiras) terão a oportunidade de comercializar seus produtos no mercado europeu, por meio do projeto de Apoio à Inserção Internacional das Pequenas e Médias Empresas Brasileiras. O projeto é um canal de cooperação entre Brasil e União Européia e será coordenado pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), com execução da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), órgão vinculado ao ministério.

A finalidade é contribuir para a inserção competitiva do Brasil na economia mundial, sobretudo, para o reforço das relações econômicas e comerciais entre Brasil e União Européia. Além disso, pretende-se promover e apoiar a expansão e a diversificação das exportações das pequenas e médias empresas brasileiras, sobretudo com produtos de maior conteúdo tecnológico.

De acordo com o secretário de Tecnologia Industrial do MDIC, Francelino Grando, o acordo entre Brasil e União Européia estreitará relações comerciais com a América Latina. “Vamos ainda melhorar o ambiente para operações internacionais e facilitar os mecanismos de exportação para as PMEs”, acrescentou.

Ao todo, o país e a União Européia investirão, até dezembro de 2010, € 44 milhões no projeto. Está previsto, desde ontem, a União Européia injetará o recurso para iniciar a operacionalização do projeto. A expectativa é que a participação das PMEs brasileiras no mercado internacional cresça em torno de 3% nos próximos dois anos.

A União Européia desembolsará € 22 milhões no projeto. Já o governo brasileiro, por meio dos órgãos envolvidos, investirá a mesma quantia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email