19 de abril de 2021

Microempresários passam a entender ação social como estratégia

Com a implantação da Lei Geral das Microempresas e a adesão ao Simples, as microempresas deverão ter mais recursos para investir nos seus colaboradores

Pelo terceiro ano consecutivo, o Prêmio Sesi Qualidade no Trabalho, que anuncia hoje os vencedores da etapa amazonense, conta com a participação também das microempresas. A iniciativa, que chega a sua 12ª edição, é o reconhecimento público das empresas industriais de Manaus por suas práticas de gestão e valorização dos seus colaboradores.
Com a implantação da Lei Geral das Microempresas e a adesão ao Simples, as microempresas deverão ter mais recursos para investir nos seus colaboradores. De acordo com a consultora do Sebrae-AM (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), Socorro Corrêa, a grande dificuldade para esse setor oferecer melhorias para os funcionários é a falta de recursos. “Primeiro, elas têm que entrar no estágio da formalidade, o que não ocorre por conta da elevada carga tributária. Com a lei geral das microempresas, elas terão novo fôlego no fluxo de caixa para investimento no seu pessoal”, analisou.
Segundo a coordenadora estadual do prêmio Sesi, Nelsi Luniere, as médias e grandes empresas de Manaus estão bastante avançadas em projetos voltados para a qualidade do ambiente de trabalho. “É interessante perceber, no entanto, a adesão das microempresas desde 2005, o que mostra que a responsabilidade social independe do tamanho das organizações”, afirmou. Nas duas últimas edições, a vencedora nesta categoria foi a Crodamazon.
Este ano, a Amazon Etiquetas, especializada em confecção de etiquetas, lacres de segurança e rótulos, participa pela primeira vez do evento. Para o gerente operacional da empresa, Jessé Valente, o resultado da valorização dos colaboradores é observado na qualidade do produto final. “Conseguimos um grande comprometimento dos funcionários com o trabalho, reduzindo quase por completo as faltas. Além disso, houve estreitamento no relacionamento deles, área produtiva, com os clientes”, afirmou.
Nos primeiros seis meses desse ano, a microempresa teve crescimento 30% superior ao primeiro semestre de 2006. Para o segundo semestre, segundo Valente, a perspectiva é crescer 15% ante os mesmos meses do exercício anterior.
Os 18 funcionários da Amazon Etiquetas contam com apoio para cursos voltados para cada área de atuação, como almoxarifado e desenvolvimento de arte.

Empresas têm auxílio de núcleo

O Sesi (Serviço Nacional da Indústria), entidade mantida e administrada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) criou o Núcleo de Responsabilidade Social Empresarial, que deve funcionar como uma consultoria para orientação ao desenvolvimento da responsabilidade social das organizações. Serão desenvolvidas pesquisas para traçar linhas de ação sobre as necessidades das empresas locais. O núcleo está sendo desenvolvido também em outros 14 Estados.
“Responsabilidade social não é modismo, é estratégia de negócio”, afirmou Nelsi. “As relações entre produtividade e lucratividade são evidentes quando da adoção de políticas internas, que se traduzem em proposta de motivação. Quanto mais feliz o colaborador, maior sua sensação de pertencer a empresa e consequentemente maior sua produtividade”, disse.
Os vencedores do prêmio de hoje participarão da fase regional, prevista para setembro, e posteriormente da etapa nacional, em novembro. Este ano, 19 empresas participam do prêmio nas categorias microempresas, pequenas empresas, médias e de grande porte. A única vencedora da etapa estadual a conquistar o prêmio nacional foi a Nokia, em 2001.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email