16 de abril de 2021

Mi Car – Como seria o carro da Xiaomi?

Constantemente chamada de “Apple da China”, a Xiaomi parece estar no mesmo caminho da gigante americana quando pensamos no mercado automotivo. Alguns rumores dão conta de que a empresa chinesa estaria planejando criar um carro próprio altamente tecnológico, uma ambição forte do fundador e CEO da marca, Lei Jun.

Não há qualquer informação acerca de que tipo de carro seria, qual motorização ele usaria e nem qual seria a forma de construção, uma vez que, tal qual a Apple, a Xiaomi não é uma montadora. Entretanto, segundo matéria do site iFengNews, esse projeto está sim na pauta da gigante chinesa e mais detalhes podem surgir em breve.

O mais curioso, porém, é que Jun já foi visto com Elon Musk algumas vezes nos Estados Unidos há alguns anos, o que pode levantar suspeitas rasas sobre uma eventual parceria com a Tesla, famosa por seus carros elétricos e tecnológicos. Entretanto, isso já seria sonhar demais.

Vale lembrar que a Xiaomi já atua no mercado automotivo, mas com um carro “emprestado”. Em 2019, a empresa lançou uma versão rebatizada do SUV Bestune T77, que tem como características ser equipado com algumas tecnologias da empresa.

Sobre esse carro próprio, a empresa ainda não se pronunciou. Só esperamos que, diferentemente da Apple com seu Apple Car, a Xiaomi não transforme isso em uma novela. A ver.

Motorola Solutions apresenta rádio inteligente que traz recursos de smartphones

MOTOTRBO Ion: primeiro modelo a combinar rádio e smartphone
Foto: Divulgação

Companhia da Motorola voltada para soluções corporativas, a Motorola Solutions apresentou nesta terça-feira (23) o MOTOTRBO Ion. Trata-se de um rádio inteligente, que agrega recursos de smartphones, integrando voz, dados em banda larga, recursos multimídia e aplicativos.

Voltado especificamente para ambientes empresariais diversos, como indústrias de manufatura, transporte, logística e serviços que dependem de mobilidade das equipes, o MOTOTRBO Ion permite que o usuário consiga coordenar times e realizar funções múltiplas a partir de um único aparelho. Do seu “lado smartphone”, o dispositivo tem sistema operacional Android, tela touchscreen de 4 polegadas com resolução FullHD, 32 GB de memória interna (expansível até 128GB via cartão microSD), câmera de 13 megapixels com capacidade de videochamadas e função de scanner de código de barras, Bluetooth e compatibilidade com redes Wi-Fi de 2.4GHz e 5GHz.

Já do seu “lado rádio”, o MOTOTRBO Ion foi projetado especificamente para uma variedade de ambientes empresariais. Ele conta com microfone triplo, dimensionamento dos alto-falantes e a engenharia de áudio que possibilita a supressão de ruídos, como, por exemplo, o cancelamento de ruídos de vento e outros ambientes ruidosos.

O rádio inteligente MOTOTRBO Ion opera no padrão de rádio móvel digital (DMR), Wi-Fi, 3G, LTE/4G público e redes privadas de banda larga. Ele foi projetado para auxiliar nas buscas de materiais, rastreamento, emissão de tickets, digitalização e colaboração para aumentar a produtividade. O Ion permite, por exemplo, que funcionários de um aeroporto coordenem o fluxo de passageiros de forma segura e eficiente, que os motoristas de caminhões recebam informações vitais de rotas através de tíquetes de trabalho digitais e que o pessoal de segurança transmita vídeo de alta definição em operações portuárias ou de mineração.

Telebrás e Viasat criam antena para que carros acessem internet via satélite

Estrutura da antena que fica sob o carro e consegue acessar internet 
Foto: Divulgação

A Telebrás e a Viasat apresentaram nesta terça-feira (23), no Ministério das Comunicações, o protótipo de uma tecnologia -no formato de uma antena -que permitirá que carros e outros veículos tenham acesso a internet via satélite, cujo uso, até o momento, está restrito a locais fixos, em regiões com pouco ou nenhum acesso.

Atualmente em fase de testes mercadológicos e de desenvolvimento, o equipamento, desenvolvido com o fomento da Agência Espacial Europeia, é uma solução de tecnologia de conexão híbrida, a qual permite a comutação entre o acesso satelital banda larga, em banda Ka, e subsidiariamente pelo LTE (celular), para veículos em movimento. Com a utilização do SGDC, Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, da Telebrás, esta solução pode ser utilizada em qualquer ponto do território nacional, a velocidades de até 185 km/h, mesmo que haja mudanças bruscas de altitude e direção, situação comum no Brasil.

A estrutura possui cerca de 40 quilos, 1,30 metro de diâmetro e é fixada no teto do veículo conectado. A fiação que alimenta o equipamento é ligada à bateria do carro ou da embarcação. Para garantir 100% da precisão necessária, os painéis da antena são fabricados por meio de impressão 3D. Outras soluções de acesso satelital em movimento, não possuem a capacidade e velocidade de transmissão e a cobertura permitidas pela tecnologia KaLMA associada ao SGDC.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email