21 de abril de 2021

Embora reconheçam ter a economia reagido de forma mais célebre do que previam certos “experts”; sempre a mídia derrotada nas urnas buscará tachar a situação de “horrível”; ignorando os esforços que o governo federal vem realizando, bem como o caos imposto pela epidemia a nível mundial. Os números apresentados serviram de exemplo de sucesso no exterior, fato ocultado.

Temos três meses de recuperação  encabeçada pelo comércio que é o setor terciário da economia e  que faz parte da história da humanidade desde o tempo das cavernas, notadamente quando o ser humano fora se aperfeiçoando na arte de trocar as mercadorias. Os dados do IBGE atestam uma recuperação mais eficaz nos próximos meses em todos os segmentos, notadamente em alguns serviços. Muito se deve ao pagamento do auxilio emergencial, mas mesmo com o término deste e o reinício de várias atividades a desigualdade continuará e terá de ser enfrentada em uma segunda etapa.

Assim, as vendas a varejo ocorridas nos supermercados, lojas de vestuário, farmácias e outros alavancaram o volume de vendas desde abril; ocorrendo um crescimento de 16,5% em maio, 11% em junho e 7,2% em julho. E, com isto nosso PIB será de apenas 5,31% menor do que o do ano passado; até porque a produção crescera 8,7% em maio; 9,7% em junho e 8% em julho.

Assim, os números revelam que a economia pode não estar bem, mas está no caminho certo. Tanto isto é verdadeiro, que a recente pesquisa da XP/IPESPE de setembro sobre a credibilidade de Bolsonaro mostra a elevação de 37% para 39% da avaliação de ótima e boa; tendo a de regular subido de 23% para 24% e a de ruim caído de 37% para 36%; números que atestam que o governo Bolsonaro cresce mesmo com a pandemia. E, para o restante do mandato, a avaliação de boa ou ótima subira de 37% para 40%.

Não só a recuperação da economia sustenta a aprovação de Bolsonaro; suas obras iniciadas e as concluídas e entregues; mesmo com o boicote de certos governadores comunistas; vem sendo a prova de seu trabalho e de sua objetividade em contribuir para  o progresso, gerar empregos e melhorar a condição de vida dos miseráveis do nordeste que por duas décadas foram humilhados e jogados nas ruas do ostracismo. Não é sem motivo que na terra do maior ladrão de nossa história já há vários outdoors com o rosto desse condenado com os seguintes dizeres: “CRIMINOSO – RECIFE repudia esse criminoso! Está solto mas continua CONDENADO”.

O Brasil caminha para um futuro promissor, apesar de todas as FAKE NEWS que os derrotados nas urnas fazem circular no exterior, sempre aliados com os piores comunistas do mundo. Jamais seremos uma Venezuela onde há fome, não há escolas e as crianças são enviadas para campos de doutrinação, conforme reportagem do jornal Prensa Sin Mordaza de domingo.

A esquerda sempre vivera camuflada e só age nas caladas da madrugada. Possuem a língua da hipocrisia e a vontade mórbida pelo poder. Ao ocupá-lo, se corrompem na busca do enriquecimento ilícito. Afaste-nos desse mal e conviveremos com o progresso, a verdade e a moral. Só assim daremos aos filhos dessa Pátria o futuro que merecem e não a infelicidade que sempre tiveram.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email