18 de abril de 2021

Mercado tem garantia de estoque

Por meio de venda direta do estoque e de leilões de VEP (Valor de Escoamento do Produto), operados pela Conab, a oferta de milho nas principais regiões está garantida

Os estoques de milho, públicos e privados, são suficientes para garantir o abastecimento do país até janeiro do próximo ano, quando começará a colheita. Conforme o balanço de oferta feito pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), o estoque de passagem do milho será de 6,7 toneladas ou seja, descontados o consumo interno e o volume exportado da safra 2006/2007, restarão mais de 6 toneladas de milho para estoque regulador.

O diretor do Deagro/Mapa (Departamento de Comercialização e Abastecimento Agrícola e Pecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), José Maria dos Anjos, destacou que o governo está atento ao comportamento do mercado e para manter o equilíbrio da oferta e demanda do grão.

Por meio de venda direta do estoque e de leilões de VEP (Valor de Escoamento do Produto), operados pela Conab, a oferta de milho nas principais regiões está garantida pelo escoamento de produto dos estados produtores para regiões consumidoras.

A produção da safra 2006/2007 de milho, da safra 2007/2008, deve ser negociada até o início de 2008. O levantamento da Intenção de Plantio deste mês, divulgado pela Conab na semana passada, indica, para a próxima safra, uma tendência de crescimento de 2,0% na produção, totalizando 37,3 milhões de toneladas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email