1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Mercado prevê mais flores para as mamães

Este ano vai ficar muito mais fácil para o consumidor que prioriza presentear a mãe com flores. O mercado já está aquecido e deve angariar dígitos positivos em faturamento. Um dos fatores para o otimismo está associado  à reabertura dos espaços sem restrições e a liberação de vendas físicas em sua totalidade, o que facilita a escolha dos produtos com mais calma.

De acordo com a  KPMG, conduzida a partir de dados de mercado, setor e comportamento dos consumidores, o segmento de floricultura está entre aqueles que deverão ter destaque com a data. 

O Ibraflor (Instituto Brasileiro de Floricultura ), enfatiza que o mês de  maio é muito importante porque os resultados do Dia das Mães (data que representa, aproximadamente, 20% do faturamento do Setor), normalmente, sinalizam como serão os próximos meses. 

Sandra Nagai, sócia da Flora Tropical, destacou que o Dia das Mães realmente é uma das principais datas comemorativas para nós. “Como tivemos dois anos de pandemia onde no primeiro ano tivemos uma realidade totalmente diferente de tudo que poderíamos imaginar, com comércio fechado, aumentos exponenciais de casos de Covid-19 e principalmente desespero por parte dos produtores que se viam de mãos atadas com o número de flores jogadas no lixo e prejuízo incalculável, floriculturas, distribuidores e produtores do Brasil inteiro se uniram com a campanha “Flores, alimento para a alma” onde buscávamos esperança em meio a tanta tristeza”.

Ela disse que o segundo ano de pandemia foi também outra novidade, pois apesar do comércio ainda não ter voltado aos níveis de otimismo costumeiro nesta época do ano e com a infeliz realidade de muitas perdas, tiveram um ano onde muitos ainda não podiam abraçar suas mães e o isolamento ainda se fazia necessário. Com isso as flores puderam se aproximar, confortar e se fazer presente de alguma forma.    

“Este ano estamos bastante otimistas, pois o comércio já reabriu, as pessoas estão valorizando muito mais as famílias, as relações e amor de mãe é um amor que só se fortalece a cada dia e a cada dificuldade. Mas não podemos negar que o mundo mudou, e tudo o que aconteceu nos últimos dois anos somado ao que tem acontecido no mundo hoje impacta diretamente os produtores e consequentemente o comércio em geral. Muitos distribuidores têm feito reajustes semanalmente, sem considerar o valor de frete, que só este ano já sofremos 3 aumentos”. 

Com essa realidade, a floricultura está apostando nas orquídeas e em plantas em geral. Por possuírem maior durabilidade as plantas também estão associadas ao cuidado, e ao amor que se renova. 

“Já temos algumas encomendas antecipadas, pois hoje as pessoas estão muito mais familiarizadas e seguras com compras à distância. Dentre as opções, os clientes estão preferindo um mix de plantas, como o nosso famoso “Jardim de Orquídeas” que este ano ganhou uma versão mais moderna com a queridinha dos “urban jungle lovers” que é a Begonia Maculata e também a Orquídea Vanda, uma paixão entre os colecionadores”.   

Para a proprietária da Império Floricultura & Decorações, Josieli Costa Carvalho, a procura pelos itens este ano está além do esperado, inclusive a estimativa dela é fechar o faturamento acima dos 50% em comparação ao Dia das Mães do ano passado. “Estamos aguardando aumentar ainda mais a demanda tanto presencial quanto online. Até pelo fato de ter nos preparado é uma tradição que retorna com força aos ambientes familiares”. 

A cesta de café da manhã e o tradicional buquê de rosas em vasos naturais  são os produtos mais pedidos pela empresa “A estratégia é preparar o melhor mantendo a qualidade dos nossos serviços”. 

Roberto Ferreira da Silva, proprietário da Floricultura Estação das Flores, afirmou que o movimento melhorou nos últimos meses e a expectativa é muito positiva para este Dia das Mães. “Já estamos com nossa agenda quase fechada devido a muitas demandas”. De acordo com o sistema da empresa, as vendas já ultrapassam 70% a mais em relação a 2021. “Preparamos e contratamos mais vendedores para que nossa estimativa de atendimento e venda seja bem maior”, disse ele. 

A empresa está apostando  em vários modelos com as tradicionais rosas vermelhas, considerando que  elas representam amor, “e falar de mãe é falar de amor puro e verdadeiro”. 

Produtos sob encomenda

A antecipação de encomendas também está entre as mudanças no comportamento do consumidor. Quem tem o costume de dar flores de presente repensa na forma de comprar os itens. Alguns estabelecimentos confirmam que desde a semana passada a quantidade de pedidos em alusão a data aumentou. “Estamos surpresos tanto pelo número de pedidos quanto em relação ao orçamento de produtos. Ainda estamos contando que deve aumentar a procura próximo ao dia. Se mantivermos esse ritmo eu acredito que vamos ter um saldo bem positivo”, disse a vendedora de flores, Maiana Souza.

“Antes da pandemia eu comprava em cima da hora. Na correria, não tinha nem tempo de escolher os produtos mais em conta ou até de qualidade. Isso mudou. Ano passado eu comprei algumas vezes pela internet. Este ano, já fiz duas encomendas que estavam nos meus planos, para a minha mãe e para minha esposa. Fico feliz com a retomada do varejo presencial. Eu tenho certeza que deve ser um grande aliado para o mercado de flores”, afirmou o consultor de redes Jonh Silva. 

Por dentro

O Ibraflor prevê um cenário positivo para o setor de flores em 2022, com expectativas de aumento das vendas na casa dos 12% em relação ao ano de 2021 por conta da retomada das festas, casamentos e eventos em geral. 

Segundo a entidade, o ano de 2021 apresentou um crescimento de cerca de 15% no setor devido à abertura da economia, considerando os mais diversos segmentos, como flores de corte, plantas verdes em vaso e outras variedades, além de itens de paisagismo. 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email