12 de maio de 2021

Mercado Livre fecha trimestre com US$ 45.9 mi

A receita da plataforma de compra e venda (MercadoLibre) cresceu 27,1% alcançando US$33.0 milhões no primeiro trimestre de 2010

O MercadoLivre apresenta receita líquida consolidada para o trimestre finalizado em 31 de março de 2010 de US$ 45.9 milhões, o que representa uma taxa de crescimento trimestral em relação ao mesmo período do ano passado de 42,1% em dólares americanos e um crescimento anual de 45,0% em moeda local.
O presidente e CEO do MercadoLibre, Marcos Galperin, comenta: “Tivemos um começo promissor em 2010, após um excelente 2009. Nossos resultados do primeiro trimestre demonstram o avanço contínuo de diversas estratégias e iniciativas que temos implementado e que estão convergindo para otimizar a experiência de compra e venda no maior e mais próspero mercado de comércio eletrônico da região. O excelente progresso que verificamos através de nossas unidades de negócios é, em parte, o resultado de fortes tendências de crescimento contínuo que beneficiam a nossa industria, como também demonstra o nível de sinergias promissoras e a interação que estamos alcançando em nossa plataforma”.
A receita da plataforma de compra e venda (MercadoLibre) cresceu 27,1% alcançando US$33.0 milhões no primeiro trimestre de 2010. A receita da plataforma de pagamentos (MercadoPago) cresceu 103,2%, alcançando US$12,9 milhões, se comparada aos US$6,4 milhões do mesmo período do ano anterior. Medida em moeda local, a receita da plataforma de compra e venda (MercadoLivre) cresceu 38,6% no primeiro trimestre de 2010 enquanto a receita da plataforma de pagamentos (MercadoPago) cresceu 72,1% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. O forte crescimento das vendas das duas plataformas se deve, ao crescimento sustentável da demanda de produtos e serviços do MercadoLivre. A quantidade de produtos vendidos por meio do MercadoLibre cresceu 39,3%, atingindo 8,3 milhões, enquanto que a quantidade de transações na plataforma de pagamentos (MercadoPago) cresceu 107,1% alcançando 1,1 milhão de operações, em comparação com o primeiro trimestre de 2009. O volume de transações cresceu 40,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior atingindo US$ 731.6 milhões, enquanto que em volume total de pagamentos teve incremento de 132,9%, alcançando US$ 123.8 milhões durante o primeiro trimestre de 2010.
O lucro bruto cresceu 40,3%, registrando US$ 36.0 milhões em relação aos US$25.7 milhões verificados no mesmo trimestre do ano anterior. No primeiro trimestre de 2010, a margem bruta foi de 78,5% comparando com 79,5% para o mesmo período de 2009.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email