Menezes sai da Suframa magoado

Como todo bom liminar, o coronel da reserva do Exército Alfredo Menezes Junior se despediu da Superintendência da Zona Franca de Manaus ontem com uma nota elegante, em que agradeceu a oportunidade e destacou os avanços conseguidos em sua gestão. Mas nos bastidores ele tem dito a amigos e aliados que sai muito magoado com dois membros da bancada federal do Amazonas em especial: o senador Omar Aziz (PSD) e o deputado federal Silas Câmara (Republicanos). O militar atribui aos dois a manobra fatal, que o derrubou do cargo. E vai além. Diz que tentaram pelo menos dez vezes antes sua substituição, porque não se conformaram com a perda de controle da autarquia. Vale recordar que foi dos políticos a indicação do ex-superintendente Ápio Tolentino, que passou toda a gestão do ex-presidente Michel Temer (MDB) na Suframa. Se realmente foram eles os responsáveis pela exoneração, não serão os “donos” da nova indicação: assume o posto o general da reserva do Exército Algacir Polsin, ex-comandante de operações da Amazônia.

ME AGUARDEM

Menezes disse a interlocutores que não está fora do jogo. Garantiu que nos próximos quinze dias estará de volta ao Governo Federal, em um cargo que não declinou. Desde que vazou sua substituição, especulou-se que assumiria a recém-recriada Secretaria da Amazônia, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, que deverá funcionar em Manaus. Ele deu a entender que não assumiria este posto e sim outro.

GUEDES DE FORA 

Apesar do cargo de superintendente da Suframa estar vinculado ao Ministério da Economia, Menezes não era indicação do ministro Paulo Guedes e sim da cota pessoal do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Por isso não houve reação de Guedes. O secretário de Produtividade e Emprego, Carlos da Costa, ligou para o coronel se solidarizando e agradecendo pelo desempenho.

QUEM CHEGA

Algacir Polsin é catarinense e um general da nova geração, que passou à reserva muito cedo, já que não conseguiria chegar ao posto máximo da Força – o de general de Exército – por causa de uma prática antiga de não permitir que cheguem lá parentes próximos – o irmão mais velho, Altair, já exerce o posto e é o atual comandante militar do Leste.

EMINÊNCIA

O empresário e publicitário Durango Duarte foi apresentado na noite da última terça-feira (2) aos secretários do Estado como novo assessor especial do governador Wilson Lima (PSC). A princípio, sua missão será a de sistematizar as informações do governo e orientar na condução das diversas ações e projetos.

UCCs

O Governo do Estado entregou ontem três respiradores, um desfibrilador, vacinas de rotina e Equipamentos de Proteção Individual para o Hospital Dra. Maria Luiza Fernandes, em Humaitá, na região do Madeira. Com a instalação dos equipamentos, o interior conta atualmente com 44 Unidades de Cuidados Intermediários, nos municípios polos, para o combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

REGULAÇÃO

Após um ano de implementação do Sistema de Transferência de Emergência Regulada da Secretaria de Estado de Saúde, o tempo de transferência de pacientes para unidades de urgência e emergência reduziu, em Manaus, de 48 horas para 12 horas; e no interior, de até 5 dias para 33 horas. Durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a ferramenta tem sido fundamental para garantir a remoção, em tempo hábil, de pacientes que precisam de atendimento de alta complexidade para as unidades de referência da capital.

CURSOS

A Escola de Contas Públicas do Tribunal de Contas do Amazonas, coordenada pela conselheira Yara dos Santos Lins, realizará, a partir deste mês, um ciclo de cursos e capacitações on-line com diferentes temáticas relacionadas à administração pública. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas por meio do portal da ECP no link https://moodle.tce.am.gov.br/.

REVOLTA

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) anda revoltado com denúncias publicadas em sites de Manaus, sobre supostos problemas e fraudes nos negócios de uma Fundação ligada a sua família. O que mais o indignou foi a inclusão do nome de seu pai entre os possíveis sócios do negócio. O parlamentar diz que se trata de reação às denúncias que apresenta em plenário.

FRASES

“O general (Algacir Polsin) não do Centrão.” Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da República, sobre o novo superintendente da Suframa

“Não vão me calar”. Wilker Barreto (Podemos), deputado estadual atribuindo à sua postura de oposicionista os ataques que vem sofrendo na mídia

Fonte: Redação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email