Meirelles defende maior competição no setor

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou ontem que é necessário criar um ambiente de maior competição no setor de cartões de pagamento e que o país tem oportunidades para definir o marco regulatório do setor.
Meirelles participou por meio de um vídeo gravado do Seminário Internacional sobre Cartões de Pagamento, no Rio. Segundo o presidente do BC, o sistema de pagamento de varejo ganhou mais atenção dos bancos centrais nos últimos anos em razão do impacto dos avanços tecnológicos dos meios de pagamento e da entrada de empresas não financeiras no setor. Ele destacou que estas mudanças permitiram o acesso da população normalmente desassistida pelos meios tradicionais de pagamento.

Taxa de crescimento

De acordo com o presidente do BC, nos últimos anos a taxa de crescimento das operações com cartão atingiu três dígitos. De 2002 a 2007, a expansão foi da ordem de 183%. Meirelles lembrou um estudo de 2005 do banco que mostrou a necessidade de compartilhamento de infraestrutura. A partir disso, foi formado um grupo de estudos com o Banco Central, a Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça e a Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda.
“É necessário um ambiente de maior competição, com a entrada de novos participantes, maior concorrência no credenciamento e cooperação na infraestrutura de captura de transações. É necessária também maior transparência na formação de preços, de forma a prover ganhos de eficiência econômica e menores preços aos consumidores”, concluiu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email