19 de abril de 2021

Meio ambiente é foco de mostra científica realizada em Tefé

A preocupação com o meio ambiente foi um dos principais temas abordados durante a mostra científica do PCE (Programa Ciência na Escola) realizada no auditório Canaã no município de Tefé (distante a 521 km de Manaus) em dezembro

A preocupação com o meio ambiente foi um dos principais temas abordados durante a mostra científica do PCE (Programa Ciência na Escola) realizada no auditório Canaã no município de Tefé (distante a 521 km de Manaus) em dezembro. No total, os alunos apresentaram 18 projetos, sendo 12 de Tefé, cinco de Alvarães (a 568 km da capital) e um de Uarini (a 568 km).
“Meio Ambiente: escola e família, juntos por um ambiente saudável”; “Vida e meio ambiente na aldeia Marajai: O lixo e sua destinação”; “Meio ambiente na escola: água, consciência de todos”; “Óleo usado na cozinha: um perigo para a natureza” foram alguns dos trabalhos avaliados durante a mostra, revelando a preocupação de professores e alunos do interior do Amazonas com o meio ambiente.
O coordenador do projeto na aldeia Marajaí, da escola Indígena Nossa Senhora de Nazaré, localizada em Alvarães, Elisio Lomas Noteno, disse que a pesquisa surgiu da necessidade de ensinar os indígenas a coletarem seus lixos e resíduos de forma correta. “Os alunos do projeto aprenderam e ensinaram como deve ser feita a coleta seletiva do lixo e, com isso, ajudaram a aldeia a não viver no meio do lixo. Isso contribuiu para a diminuição de doenças entre a comunidade”, contou.
Outro destaque foi o projeto “O jogo de xadrez no ensino da matemática”, do Centro Educacional Governador Gilberto Mestrinho de Tefé. O coordenador José Francisco Mendes explica que a ideia surgiu após verificar que os alunos tinham uma grande dificuldade em aprender a disciplina matemática. “Com a utilização do xadrez o aprendizado se tornou mais fácil. Muitos alunos passaram a gostar da matemática”, esclareceu.

Comunicação e expressão

O projeto desenvolvido por professores e alunos da escola Dr.Wesceslau de Queiroz, localizada no município de Tefé, abordou o ensino e a aprendizagem de língua inglesa nas séries iniciais do ensino fundamental. Para a coordenadora Heloisa Barreto, o projeto surgiu a partir das dificuldades encontradas pelos alunos do 9° ano “A”. “A experiência de se trabalhar uma outra língua possibilitou a ampliação da comunicação e expressão dos alunos do projeto. Estou muito feliz e grata a Fapeam [Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas] por essa oportunidade”, disse.
Os alunos da escola estadual Auxiliadora Brito da Silva, de Tefé, apresentaram os resultados positivos do projeto “Coleta seletiva e implantação de uma horta escolar com reaproveitamento do lixo orgânico”. A coordenadora do projeto, Nila de Araújo, explica que os estudantes aprenderam a fazer compostagem do lixo orgânico para transformar em adubo. “Queremos expandir essa ideia da horta para todas as escolas de Tefé”, explicou.
Todas as apresentações de trabalhos fizeram parte do encerramento da terceira edição do PCE nos municípios do interior. Nelas, os alunos realizaram exposição oral e demonstraram, na prática, os resultados obtidos por meio das pesquisas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email