Mega Fight Champions MMA acontece nesta sexta

Na sexta-feira (30), o chão de Manaus vai estremecer mas, calma, porque não haverá nenhum terremoto. Será a realização da terceira edição do Mega Fight Champions MMA nas dependências do CTHD (Centro de Transmissões High Definition), no Vieiralves. Essa edição do evento, devido à pandemia, não terá a presença de público, mas será transmitido com exclusividade pela TV Maskate através do Face e do YouTube, a partir das 20h.

O Mega Fight Champions MMA contará com a participação de oito atletas, com duas lutas masculinas, na categoria mosca, até 57 kg, e a luta principal, ou Super Luta, onde o campeão ainda levará o cinturão na categoria leve, até 70 kg. A luta feminina terá duas atletas do interior do Amazonas, também na categoria mosca.

Cinturão é o troféu mais cobiçado
Foto: Divulgação

A luta principal será entre Naldo Silva e Morramed Araújo. Ambos começaram ainda adolescentes, treinando boxe, em Manaus, com Pedro Nunes, no projeto Ring Boxe. Naldo é roraimense, iniciou sua carreira na luta, na capital amazonense, e há cinco anos vive nos Estados Unidos, em Nevada/Las Vegas. Participa regularmente de eventos nacionais e internacionais representando a Overcome Academy.

“Acredito que será uma grande luta. Todos sabem que sou da ‘trocação’ (dar e levar soco, sem agarramento), bato indo pra frente. Ele vai ter que fazer melhor do que faz para tentar me segurar”, desafiou Naldo.

Naldo Silva: “bato indo para a frente”
Foto: Divulgação

Morramed é de Manaus, mas mora em São Paulo onde treina no CT Corinthians MMA, porém, devido à pandemia, está treinando na academia Rato Team.

“Eu o respeito pela sua história e conquistas, porém, não o temo. Quanto maior o desafio, mais eu me animo. Não vou sair de ‘sampa’ para perder em Manaus. Mesmo sabendo que ele é favorito, vou derrotá-lo”, garantiu.

Morramed Araújo: “não vou sair de ‘sampa’ para perder em Manaus”
Foto: Divulgação

Duelo de gigantes

Além da luta entre Naldo e Morramed, com certeza o embate que chamará mais a atenção dos apaixonados por MMA será o duelo feminino entre Helena Simas e Fabiulane Melo, ambas do interior. 

A itacoatiarense Helena Simas treina jiu-jitsu e vem representando o CT TWP Nova União.

“Já estou me preparando faz tempo, pois iria lutar em maio. Quando surgiu essa oportunidade de antecipar minha luta, eu e minha equipe ficamos ainda mais motivados. Sabemos da grandiosidade do MMA. O Brasil e o mundo estarão de olho nesse evento”, falou.

Desafiando Helena, a coariense Fabiulane Melo pretende surpreender a adversária.

“Amo entrar no cage (ringue, octódromo) como a desafiadora. Sei o quanto esta luta é importante para a minha carreira. Quem conhece minha história de vida, sabe que entro na jaula para chocar o mundo”, ameaçou.

Na edição anterior do Mega Fight Champions MMA, oito atletas deram o melhor de si e quatro deles conquistaram vaga para o confronto final. Agora, os melhores atletas da categoria galo estão reunidos em uma só edição, e ainda haverá a disputa de pesos leve.

“Esse GP reúne os melhores do interior e da capital do Amazonas. No dia 30 iremos conhecer o melhor entre eles”, adiantou Marcelo Lamego, organizador do evento.

“Tudo é pensado e executado nos mínimos detalhes. Temos uma preocupação a mais no quesito qualidade e profissionalismo, dando mais visibilidade aos atletas e apoiadores”, completou Marcos Sabadin, coordenador de eventos do CTHD-Vieiralves.

Cuidados com os atletas

Toda a estrutura do Mega Fight Champions MMA obedecerá ao atual formato que os eventos esportivos vêm adotando no mundo inteiro, por causa da pandemia.

“Além de seguirmos o procedimento de segurança com os envolvidos, temos uma preocupação extra com os atletas. Eles aguardarão suas lutas em um espaço reservado com seu corner (professor/técnico). Todo o staff do evento será reduzido. Só teremos a equipe de filmagem, arbitragem e staff”, informou Marcos.

As duas primeiras lutas (eliminatórias) terão três rounds com três minutos cada. Os vencedores disputarão o co-main event, com três rounds de cinco minutos cada.

A primeira luta será entre Daniel ‘Gadita’, do CT Império; e Janderson ‘Jandão’, do RCT Renovação Coari Team. Em seguida entram no octódromo, Lucas Mendes, da Equipe Família Benezar e Raison Carvalho ‘Moicano’, do NBT Emil Vieira. A terceira luta é a feminina, com Helena Simas, do CT TWP Nova União, e Fabiulane Melo, do CT Vasconcelos. Fechando a noite, a Super Luta, com Naldo Silva, da Overcome Academy, e Morramed Araújo, do Corinthians MMA – Rato Team.

O evento é patrocinado pelo Grupo TV Lar, Rubberon e ACA (Associação Comercial do Amazonas), com apoio da Samel. Suas duas edições anteriores ocorreram no ano passado, em 30 de outubro, a primeira; e em 27 de novembro, a segunda, no mesmo espaço. Agora, a terceira edição volta a agitar o público manauara que admira uma boa luta.       

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email