Mdic oficializa medidas antidumping nesta semana

As medidas do Ministério do Desenvolvimento -que serão publicadas no “Diário Oficial” da próxima semana, quando passam a valer- atingem alguns produtos importados da China mas também alguns dos Estados Unidos, União Européia e Chile.

Para as resinas de policarbonato foi aplicado antidumping provisório (até seis meses) sobre as importações provenientes dos EUA e UE (União Européia). Aqueles fabricadas pela General Eletric Plastics (EUA), a tarifa será de US$ 193.11 por tonelada importada. As demais fabricadas nos EUA, mas por outras empresas, terão uma sobretaxa de US$ 2,081.82 por tonelada.

Já as sobretaxa aplicadas para as importações da Bayer na União Européia a sobretaxa será de US$ 362.46 por tonelada. A General Eletric Plastics e GE Plastics de Spaña terá que pagar US$ 1,701.55 por tonelada –a importação das demais empresas da UE terão sobretaxa de US$ 2,038.84 por tonelada.

Também foi aplicado antidumping provisório sobre o indigo blue de US$ 382.59 por tonelada das importações originárias da Alemanha. A outra medida refere-se à chapas pré-sensibilizadas de alumínio importadas da Fuji Photo dos EUA (US$ 5.52 por quilo) ou US$ 9.24 por quilo para as demais empresas e também do produto originário da China (US$ 10.76 por quilo).

As outras três medidas são definitivas (duração de cinco anos) e direcionadas apenas aos produtos vindos da China. Armações de óculos (US$ 270.56 por quilo) com taxa limitada às armações com preço igual ou inferior a US$ 10; pedivela (US$ 1.56 por quilos) e pneus de bicicleta, que terá a alíquota ampliada de US$ 0.15 para US$ 1.45 por quilo.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email