Maués sedia encontro empresarial do Baixo Amazonas e Manaus

Vários agentes de viagens e operadores de turismo se reuniram na sede da UEA na Terra do Guaraná, entre os dias 24 e 25 de agosto, para uma conexão entre operadores de turismo de Manaus e os prestadores de serviços de Maués. O encontro foi aberto à participação dos municípios de Parintins, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Nhamundá. Além da presença de diversos órgãos municipais e estaduais. O evento itinerante denominado “Turismo em Movimento”, é organizado pela Empresa Amazonense de Turismo (Amazonastur), em parceria com o Sebrae AM e Prefeitura de Maués. 

Esta edição do “Turismo em Movimento” teve o objetivo de oportunizar novos modelos de negociações, para que os empresários possam potencializar suas atividades e gerar resultados satisfatórios. Além oferecer orientações mercadológicas, formalização empresarial, gestão, projetos, financiamentos, licenciamentos, sessão de negócios entre agências operadoras de Manaus e empresas de turismo da região. 

Amazonas é destaque na Rota de Cicloturismo nacional

Meio de deslocamento eficiente, econômico, sustentável e saudável, a bicicleta se tornou ainda mais atrativa nesses tempos de pandemia. Milhares de pessoas no Brasil e no mundo adotaram esse veículo como opção de locomoção, lazer e para praticar uma atividade física, fugindo do sedentarismo e curtindo a paisagem. Entre os perfis dos novos consumidores, estão pessoas de várias idades que buscam na bicicleta a prática por atividades ao ar livre que proporcionem distanciamento e contato com a natureza. 

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, a crescente demanda por bicicletas impulsiona a produção nacional, que deve fechar 2021 com 850 mil unidades produzidas, alta de 27,8% em relação às 665.186 unidades fabricadas no ano passado. 

O Ministério do Turismo (MTur), em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Chico Mendes para Conservação da Biodiversidade (ICMBio) aproveitam a nova tendência e, vêm estruturando e promovendo trilhas de longo curso, que estimulam o cicloturismo no País. A meta do governo federal é chegar a 10.500 quilômetros nos próximos anos e movimentar o Turismo em mais 2 milhões de pessoas por ano.

A Pasta continua mapeando e já identificou mais de 100 cidades e cerca de 18 rotas de cicloturismo espalhadas de norte a sul com percursos estruturados e ligados ao ciclismo. Em trilhas que perpassam parques nacionais de todo o País, cerca de 3.500 quilômetros de trilhas já estão sinalizadas para a realização de passeios por turistas e visitantes. 

No Amazonas o MTur selecionou uma rota de longo curso conhecida pelos praticantes, como o ‘Caminho dos Morcegos’ que ligará duas áreas de conservação no estado, a RPPN Sítio Bons Amigos em Manaus e APA Caverna do Maroaga em Presidente Figueiredo. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email