4 de dezembro de 2021

Mão de obra especializada e valorizada

Cuidadores de idosos têm curso gratuito e podem optar por negócio próprio

Com o crescimento da expectativa de vida no Brasil, qualificar mão de obra para cuidar dos idosos tornou-se uma necessidade. Em Manaus uma microfranquia topou o desafio e há uma ano e meio vem prestando este serviço. A franquia nacional Home Angels tem em sua unidade Adrianópolis 13 cuidadores que recebem treinamento especializado para o serviço, além de contar com mão de obra formada pelo Cuidadoso (Curso de Cuidador de Idosos), iniciativa da FDT (Fundação Doutor Thomas), em parceria com a Espi (Escola de Serviço Público Municipal).

Franquia especializada
A escolha pela marca e pelo segmento teve fatores diversos, que segundo a enfermeira e franqueada Home Angels, Soraya Ribeiro, a levaram de forma natural ao mercado emergente dos cuidadores de idosos. “Foi por necessidade, mas também por afinidade com o segmento. Ao me formar há três anos, vi a dificuldade de me enquadrar no mercado de trabalho e pesquisando encontrei a franquia, somos os únicos no Amazonas a ter equipe com formação e nosso quadro é preenchido com egressos da FDT (Fundação Doutor Thomas),” afirma.
A procura por cuidadores com formação técnica ou acadêmica vem crescendo acompanhando a também crescente terceira idade e oferecer para todas as classes um bom serviço é prioridade da Home Angels, conta Soraya. “A demanda pelos serviços é muito grande, mas serviços especializados têm maior procura pela classe A. Com os preços da franquia podemos estender a mesma qualidade para todas as classes, sem perder a qualidade e oferecendo sempre o melhor,” disse a franqueada.
O apagão de mão de obra especializada, fator que afeta profundamente e de maneira negativa vários segmentos, aos poucos vem sendo mitigada com iniciativas e parcerias entre poderes públicos e entidades. “Iniciativas como esta da FDT ajudam a fomentar o mercado de cuidadores que é muito restrito. Sem esta, a saída seria procurar por profissionais autônomos que, por trabalharem de acordo com seus critérios, encareceriam ainda mais o serviço ou a solução mais barata, que seriam os cuidadores que tem conhecimento, mas nenhuma formação,” explica.
Se o mercado pede mais especialização, o mesmo acontece na única agência de Manaus responsável por encaminhar cuidadores de pessoas para atendimento de acompanhamento rápido, seguro e confiável. “Buscamos os melhores, analisamos cada proposta e currículo enviado. De cada dez, ficamos com dois ou três. Aos poucos, mais pessoas com maior formação estarão no mercado de cuidadores de idosos. É uma necessidade dos tempos atuais em que as pessoas estão vivendo cada vez mais e querem mais qualidade de vida.”
Para manter o padrão de bom atendimento, a Home Angels Unidade Manaus Adrianópolis está sempre renovando e reciclando seu quadro de cuidadores. “Além da formação pela FDT e UEA (Universidade do Estado do Amazonas) que é o meu caso, temos da franquia treinamento mensal, participamos de convenções anuais e se for necessário, contamos com suporte online a qualquer hora do dia, para eliminar dúvidas e manter a excelência nos serviços,” afirma Soraya.

Os serviços
Os cuidadores Home Angels trabalham de forma especializada, zelando pelo bem-estar e saúde da pessoa assistida. Desempenham a função de acompanhante e assistente na realização de rotinas de higiene pessoal, alimentação, administração de medicamentos, atividades de educação, cultura, recreação e lazer. Estando atento a qualquer fator que possa ocasionar um acidente domiciliar, observando necessidade de adequação do mobiliário para prevenção de quedas.

Cuidadoso
O Cuidadoso (Curso de Cuidador de Idosos) teve uma nova turma formada no dia 30 de janeiro. Os 80 cuidadores recém-formados passaram por uma carga horária de 300 horas (200 de aulas e 100 de estágio). As aulas foram ministradas por assistentes sociais, fisioterapeutas, enfermeiros, nutricionistas, médicos geriatras e psicólogos. Como parte do conteúdo programático, os cuidadores têm lições de primeiros-socorros, nutrição, higiene pessoal, prevenção de quedas e acidentes domésticos, cidadania e demais atividades que compõem o universo do idoso. O conteúdo programático do curso foi desenvolvido pelos instrutores da Espi, órgão que é vinculado à Semad (Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão).
Segundo a diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, o curso tomou uma dimensão muito grande, pois hoje, o cuidador de idoso é uma profissão em alta e a tendência é crescer ainda mais. “A intenção da prefeitura, ao oferecer esse curso, é colocar no mercado profissionais cada vez mais qualificados, para atender a essa fatia da população”, ressaltou. Além do curso gratuito, os novos profissionais têm seus nomes incluídos em um banco de dados gerenciado pela Fundação Doutor Thomas. Assim, familiares de idosos que necessitam contratar um cuidador podem pedir indicação pelo telefone 3215-6007.

Inscrições
As inscrições das novas turmas começam no mês de março, para as aulas que serão iniciadas em abril. O curso é gratuito, sendo paga apenas uma taxa de inscrição no valor de R$ 30 e os candidatos precisam ter acima de 18 anos, Ensino Médio completo, experiência no cuidado com o idoso e disponibilidade de tempo para frequentar os módulos, haja vista que a certificação será concedida apenas com comprovação de 75% de frequência de curso.

Artur Mamede
[email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email