Manaus recebe exposição sobre teoria da evolução

Quando se fala na “Teoria da Evolução pela Seleção Natural”, pensa-se no evolucionista Charles Darwin com um dos principais teóricos. Mas parte do que se conhece sobre a teoria também contou com a participação do inglês Alfred Wallace, que escreveu sobre a seleção natural a partir de observações sobre a distribuição geográfica de diferentes espécies animais na Amazônia, como a dos macacos. Isso, há 150 anos. Parte dessas observações, reunidas em 50 fotos, cópias das originais que estão em Londres, estão expostas desde a última quarta-feira, 15, na Estação Ciência montada no Clube do Trabalhador do Sesi (Serviço Social da Indústria), zona Leste de Manaus.
A exposição “Alfred Russel Wallace – O Evolucionista Esquecido” faz parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (C&T) e foi organizada pelo MCT (Ministério da Ciência e Tecnologia) em parceria com a Sect (Secretaria de Estado Ciência e Tecnologia).
A exposição está sendo acompanhado pelo curador Fred Edwards e permanecerá no Sesi até esta sexta-feira, 17. Em Manaus, ela ficará durante todo o mês de outubro. Logo após, seguirá para Brasília e Rio de Janeiro. E, em fevereiro de 2009, retorna para Londres.
As fotos, com o tamanho de 50 cm x 40 cm, retratam peixes e palmeiras da Calha do Rio Negro, imagens captadas por Wallace em duas expedições ao Alto Rio Negro. Na época, muitas delas desconhecidas pela ciência.
Alfred Wallace chegou na Amazônia em 1848 com o amigo Henry Bates, um jovem colecionador de besouros. Na região, ele permaneceu por quatro anos. Sobrevivia do dinheiro da venda de insetos, pássaros e outros animais, que capturava com a ajuda de guias nativos, índios e escravos, e que enviava para Londres.
Após o registro fotográfico, quando estava retornando rumo à Inglaterra, e 1852, o vapor Ellen, no qual viajava Wallace, naufragou na região caribenha. O pesquisador perdeu quase todas as gravuras que fez na Amazônia. Apenas 50 originais foram recuperadas e arquivadas na Inglaterra.
Os trabalhos dos dois cientistas foram apresentados em Londres, no dia 1º de julho de 1858. Dessa forma, nasceu a teoria da evolução pela seleção natural. Wallace viveu ainda muitos anos fazendo pesquisas, escrevendo livros e atuando em defesa da paz e dos mais pobres. Morreu em 1913, com 90 anos de idade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email