Manaus discute planejamento urbano

Assuntos relacionados a futuros modelos de trabalho para a implantação de programas de planejamento e desenvolvimento sustentável urbano para a cidade serão discutidos entre a sociedade e entidades do setor no encontro intitulado “O Futuro da Minha Cidade”, que acontecerá no próximo dia 6 de outubro, às 18h, no auditório da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), na avenida Joaquim Nabuco, no Centro.
O evento é uma realização da Ademi-AM (Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas) e Sinduscon/AM (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas), em parceria com a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção). Tem apoio ainda do Crea-AM (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas).
A iniciativa tem como objetivo principal mobilizar a sociedade para ser protagonista na gestão das cidades. As inscrições para o evento podem ser feitas, gratuitamente, pelo site do Sinduscon/AM (www.sinduscon-am.org.br).
De acordo com o presidente da Ademi-AM, Romero Reis, esse tipo de encontro é fundamental para que possamos discutir práticas realmente objetivas e eficazes para o urbanismo. “A presença de diferentes segmentos da sociedade é fundamental para que os órgãos e as entidades competentes, ligados ao setor público, entendam as reais necessidades da população”.
Para o presidente do Sinduscon/AM, Frank do Carmo Souza, o ‘Futuro da Minha Cidade’ será fundamental para buscar soluções que a população de Manaus quer e precisa. “A ideia é sensibilizar as principais lideranças do município, mostrando que é possível uma parceria entre a sociedade e a prefeitura, de forma a assegurar, tanto o crescimento econômico da cidade, quanto a melhoria de sua qualidade para as pessoas. O caminho para isso é a criação de um conselho formado pela sociedade civil organizada, proposta principal desde projeto de âmbito nacional, que agora trazemos para Manaus”, destacou.
Conforme informações da CBIC, o “Futuro da Minha Cidade” conta com a participação voluntária de grande parte das pessoas que compõem os conselhos de desenvolvimento da cidade e tem como principal finalidade planejar o futuro urbano da cidade.
“Todos os aspectos das propostas são discutidas e levadas em conta, como o orçamento municipal, a viabilidade das obras e a importância que essas ações têm para a sociedade”, esclareceu Romero Reis.
Para o presidente do Crea-AM, engenheiro civil Cláudio Guenka, por meio dessa iniciativa, pretende-se mobilizar a sociedade manauara em prol de um objetivo comum, que é o estabelecimento de um projeto amplo que compreenda o planejamento urbano, considerando diferentes aspectos, e tendo como pilar o desenvolvimento sustentável. “Portanto, a realização deste evento trata-se de um passo decisivo”, disse.
O evento contará com a presença de Márcia Santim, Condem (Coordenadora de estudos e projetos do Conselho de Desenvolvimento de Maringá), de Renato de Souza Correia, engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Goiás e atual presidente da Ademi-GO e Laura Sobral, arquiteta urbanista e mestranda da USP (Universidade de São Paulo) sobre a produção social de espaços públicos comuns.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email