Pesquisar
Close this search box.

Manaós, Jambucana e Dedé Boteco

O baile de debutantes é um rito feminino que acontece aos 15 anos da jovem marcando a sua passagem da condição de menina a mulher. Pois na terça-feira, 04, os 15 anos da Cachaçaria do Dedé, no Manauara Shopping, foram comemorados, sem baile, mas com muita cachaça, na realidade, com o lançamento da Cachaça Manaós, uma homenagem à cidade de Manaus onde os empresários Dedé Parente, Rogério Perdiz e Sidnei Dutra, diretores do Grupo Dedé, têm feito muito sucesso com suas casas. Detalhe: a edição da Cachaça Manaós é limitada. Foram envazadas somente 280 unidades.

“No dia 8 de abril esta loja fez 15 anos. Vocês imaginem o que é trabalhar no Amazonas, com gastronomia, tudo é um desafio diário, por isso hoje estamos comemorando os 15 anos de existência dessa loja”, falou Dedé.

“A Cachaça Manaós é um presente para os apaixonados por cachaça e que são clientes da Cachaçaria do Dedé. A Manaós foi desenvolvida com carinho e expertise, elaborada com ingredientes selecionados e pensada para garantir um sabor único e autêntico”, disse Juliana Progênio, supervisora de marketing do Grupo Dedé.

A Cachaçaria do Dedé, do Manauara, se consolidou ao longo dos anos por oferecer aos clientes uma grande variedade de cachaças de diferentes regiões do país, sendo um dos principais pontos de venda de cachaças de qualidade, em Manaus, além de disponibilizar um cardápio com petiscos e pratos típicos da culinária amazonense num ambiente aconchegante e convidativo, ponto de referência para muitos manauaras.

Mas a noite não foi apenas da Cachaça Manaós. A Jambucana, famosa cachaça de jambu exclusiva da Cachaçaria do Dedé, ganhou duas edições com rótulos vermelhos e azuis para homenagear os bumbás Garantido e Caprichoso.

Jambucana dos bumbás

“A Jambucana foi lançada há nove anos e é um produto nosso, do Grupo Dedé, e da Amazônia, de raiz, e neste ano estamos tendo a felicidade, com a autorização dos bois, de homenagear as duas grandes nações de Caprichoso e Garantido”, revelou Dedé.

“O lançamento da edição especial da Jambucana é uma forma de homenagear a cultura e a tradição do Festival Folclórico de Parintins, um dos maiores eventos folclóricos do Brasil. Nossa expectativa é vender duas mil unidades da Jambuacana, que apresenta rótulos vibrantes e cheios de simbolismo, representando as cores e os elementos característicos de cada boi”, completou Juliana.

O jambu se tornou matéria-prima utilizada na produção da bebida alcoólica, sendo aproveitada toda a planta: raiz, talos e folhas na mistura da aguardente e do melaço de cana-de-açúcar em seu processo de fabricação. Foram dois anos de pesquisa para o desenvolvimento da cachaça.

“A ideia era dar um toque amazônico à típica cachaça brasileira, o que foi alcançado com louvor pela cachaça de jambu”, afirmou Dedé.

Além das lojas do Grupo Dedé, a edição especial da Jambucana já pode ser encontrada nos supermercados da cidade.

Como festa pouca é bobagem, na segunda-feira, 3, os diretores Rogério e Sidnei receberam a imprensa para conhecer a mais nova loja do Grupo Dedé, o Dedé Boteco, inaugurada no Sumaúma Park Shopping, a primeira unidade do Grupo a se estabelecer na Zona Norte de Manaus.

“A escolha da localização reflete a estratégia de expansão do Grupo, que busca estar mais próximo de seus clientes, e atender às demandas de diferentes regiões da cidade”, explicou Sidnei.

Zona Leste na vez

A nova loja possui uma área interna de aproximadamente 300 metros quadrados e uma varanda projetada para a área externa do shopping, com serviços self-service e à la carte. No cardápio, o tradicional joelho de porco, o escondidinho do Dedé, a carne de sol, churrasquinho no espeto e uma novidade: a parmegiana. Aos sábados será a vez da feijoada.

E a Zona Leste já pode se preparar para receber mais uma loja do Grupo Dedé.

“Teremos duas inaugurações neste ano. Além do Dedé Boteco, no Sumaúma, em breve inauguraremos a primeira peixaria do Grupo, a Sagrado Peixe. Estamos planejando essa expansão considerando áreas da cidade que não são tão centrais, ocupando espaços pela primeira vez em áreas mais distantes”, informou Sidnei.

Dedé começou, em 1991, com uma pequena pastelaria, no Parque Dez de Novembro, e a expansão da empresa só se deu, em 2009, com a inauguração da Cachaçaria do Dedé & Empório, no Manauara Shopping. Em 2013 foi a vez do Shopping Ponta Negra ganhar uma Cachaçaria do Dedé & Empório (atualmente fechada para reformas). Depois, em 2017, foi inaugurado o Dedé Boteco, no Amazonas Shopping. Em 2020 o bairro de Adrianópolis ganhou o restaurante Terra & Mar, com cardápio luso-argentino. Este ano, pela primeira vez, serão inauguradas duas lojas num mesmo ano: o Dedé Boteco e a peixaria Sagrado Peixe.  

O Grupo Dedé chegou a ter lojas em Fortaleza, Belo Horizonte e Uberlândia/MG, fechadas em função da pandemia, passando a priorizar a Região Norte. Belém tem o restaurante e empório Engenho Dedé, no Boulevard Shopping, desde 2015.

Evaldo Ferreira

é repórter do Jornal do Commercio
Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

Pesquisar