Mais de 93% dos leitores do JC estão satisfeitos, diz pesquisa

A pesquisa de opinião do Jornal do Commercio realizada no mês de julho deste ano, revelou que 93,96% dos leitores estão satisfeitos com as informações e serviços oferecidos pelo veículo.
A pesquisa encomendada pelo JC e realizada pela CDL-Manaus (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus) teve como objetivo levantar dados sobre o posicionamento dos assinantes em relação ao jornal. Além de servir como termômetro para auto-avaliação, planejamento e possíveis adequações aos anseios do público, a enquete revela o grau de satisfação do leitor e a preocupação da empresa em apresentar mais do que notícias.
O percentual dos leitores que se consideraram completamente satisfeitos, deve-se, de acordo com os próprios entrevistados, à seriedade do jornal em fornecer informações relevantes sobre os setores da economia, enfocando os aspectos regionais e valorizando a produção local. Segundo esses consumidores, a empresa mantém um preço justo e acessível, levando em consideração a qualidade do produto e do conteúdo.
Cerca de 5% dos consumidores afirmaram que estão parcialmente satisfeitos e aproveitaram a oportunidade para apontar o que consideram serem falhas ou carências na forma de distribuição, composição e direcionamento do matutino.
Já os leitores que se disseram insatisfeitos, 0,79% dos entrevistados, justificaram que não estão felizes, principalmente, com o sistema de entrega do jornal. Eles alegaram que até chegar ao seu destino final, o produto apresenta inconformidades geradas por qualquer outro fator externo.
De acordo com o vice-presidente do impreso, Sócrates Bomfim Neto, o Jornal do Commercio buscou constantes melhorias e afiliações. Para ele, a adoção de normas e certificações são marcantes nesse processo de conquista do mercado.
O certificação ISO 9001 e o programa 5S são apenas alguns exemplos do empenho da empresa em manter um alto padrão de qualidade, apontou o empresário. “Recentemente adotamos um novo layout e nosso periódico está muito semelhante ao Wall Street Jornal, um dos jornais mais respeitados do mundo. Oferecemos qualidade para recebermos em troca o reconhecimento”, concluiu o vice-presidente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email