25 de junho de 2022

Mais de 2,6 mi de toneladas devem passar pelo terminal portuário de Cotegipe

Voltado, principalmente, para o transporte de grãos, o Terminal Portuário Cotegipe, administrado pela empresa C. Port, possui 520 metros de cais, com 23 metros de largura, divididos em dois berços de atracação. Seu calado máximo é de 14 metros

Com capacidade operacional para embarque de navios de duas mil toneladas por hora e armazenagem estática de 350 mil toneladas, o Terminal Portuário Cotegipe, localizado na região de São Tomé de Paripe, Salvador, será inaugurado no próximo dia 8 de junho, às 9 horas.
Voltado, principalmente, para o transporte de grãos, o Terminal Portuário Cotegipe, administrado pela empresa C. Port, possui 520 metros de cais, com 23 metros de largura, divididos em dois berços de atracação. Seu calado máximo é de 14 metros.
A inauguração contará com as presenças do governador do estado Jaques Wagner, do ministro da Secretaria Especial e Portos, Pedro Brito, do Diretor Geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) Fernando Fialho, do presidente da empresa Ivens Dias Branco e autoridades locais.
Operando com quatro descarregadores de carretas e quatro balanças rodoviárias, o Terminal tem capacidade de recebimento de mil toneladas de carga por hora e opera atualmente com navios de até 205 metros de comprimento e carga da ordem de 50 mil toneladas de porte bruto.
A conclusão dos trabalhos de dragagem, obra em execução, permitirá ao Terminal Portuário Cotegipe a operar com navios de 240 metros de comprimento e carga de até 75 mil toneladas de porte bruto, após a certificação pelas autoridades portuárias. Com essa ampliação, o transporte marítimo será otimizado pela utilização de navios de grande porte do tipo panamax.
Para o ano de 2010 a previsão de movimentação de carga é de 2,6 milhões de toneladas de grãos com a geração de 200 empregos diretos e cerca de três mil indiretos.
O novo Terminal Portuário é um porto privativo de uso misto devidamente licenciado pelos órgãos competentes, tais como: Comportos (Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis), Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Marinha do Brasil, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e Receita Federal.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email