Mais de 200 mil empresas deixam emissão de NF-e para última hora

Em torno de 85% das 240 mil empresas que deveriam começar a emitir a NF-e (nota fiscal eletrônica) a partir de 1º de abril, ainda não estavam prontas para tal naquele dia, segundo dados do Serasa Experian. O levantamento apresentado pela entidade estima que 200 mil empresas desse grupo ainda não haviam solicitado o certificado digital ICP-Brasil, necessário para o processo da NF-e, assim como o sistema emissor.
Segundo Gerson Pasquali, presidente do congresso da 12ª Autocom (Exposição e Congresso de Automação Comercial, Serviços e Soluções para o Comércio) e vice-presidente de marketing da Afrac (Associação Brasileira de Automação Comercial), essa dificuldade de adequação deve-se ao fato de que grande parte das empresas é de micro ou pequeno porte. Na maioria das vezes, as MPEs não possuem departamentos específicos para cuidar da área de TI. “O processo pode ser complexo, pois é preciso haver uma adequação dos sistemas, o que demanda tempo, conhecimento e disponibilidade”, concluiu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email