1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Mais crédito para as microempresas

A demanda por linhas de crédito vem crescendo desde 2021, principalmente para Micros e Pequenos Negócios, segundo pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, que apontou mais de R$ 166 bilhões captados ao longo do ano passado. A modalidade microcrédito, considerada a mais solicitada pelos donos de pequenos negócios, tem sido o socorro para quem visa ampliar os negócios ou dar o primeiro passo rumo à abertura.

A liberação dessa linha de crédito no Amazonas, somou R$ 50 milhões, somente este mês, contemplando mais de 4,7 mil pequenos negócios financiados em seis meses de operação no Estado neste ano. O levantamento é da Afeam (Agência de Fomento do Estado).

O diretor-presidente da Agência, Marcos Vinícius Castro, assinalou o novo marco alcançado pelo programa de microcrédito do Governo do Estado. “O programa tem beneficiado milhares de amazonenses em um momento em que trabalhamos uma série de políticas econômicas para maximizar as oportunidades de desenvolvimento do nosso Estado. Sabemos que, para muitos empreendedores, o Mais Crédito Amazonas foi um fôlego necessário para a manutenção de seus negócios e da renda familiar”, aponta.

O Sebrae-AM (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amazonas), que está na lista de parceiros da Afeam, tem um papel fundamental dando auxílio aos empreendedores quando recorrem a este tipo de contrato. O analista técnico do Sebrae-AM, Evanildo Pantoja, especializado em crédito, reiterou que muitos ainda têm dificuldade no que diz respeito à internet e o processo hoje é online. “Este ano, a gente já foi em 60 municípios. Devemos concluir este mês ainda todos os municípios e pretendemos retornar em alguns mais de uma vez. Esse suporte que o Sebrae-AM oferece é muito importante para esses pequenos empreendedores porque muitos dos que fizeram os seus processos direto tiveram eles arquivados por alguma falha exatamente por não terem domínio da internet”. 

Ele garantiu que a contratação dessa linha de crédito é uma excelente oportunidade para os autônomos e para os MEIs (Microempreendedores Individuais), que tem o limite dentro do microcrédito de R$ 21 mil disponibilizado pela Afeam com juros subsidiado bastante atrativo que é em torno de R$800 ao ano, mas caso paguem na data do vencimento tem um desconto com um bônus em cima de 25%.

Para quem é autônomo basta ter o CPF, RG e comprovante de residência e comprovante de endereço do local que funciona o seu estabelecimento se for no mesmo local onde reside basta apenas o comprovante de residência. Para os MEIs basta a declaração anual do Simples ou comprovante de pagamento do DAS mensal, os dados bancários e os também os documentos básicos RG, CPF e o comprovante de residência . 

“É muito facilitado. Os limites são bem superiores do que outras instituições oferecem. Nossa abordagem é sempre levar aos empreendedores as linhas disponíveis no mercado enfatizando seus pontos fortes e os pontos de atenção para que assim ele possa optar pela que melhor atender a sua necessidade”, destacou o analista técnico do Sebrae-AM, Evanildo Pantoja.

Números

No total, 67,57% dos financiamentos foram para o comércio, 28,01% para o setor de serviços e 4,42% para o setor da indústria. O setor rural representou 13,40%. O perfil das pessoas financiadas pelo programa é composto por 59,51% de mulheres e 40,49% de homens, a grande maioria (76,87%) é informal e apenas 23,13% são microempreendedores individuais formalizados.

Das aplicações em todo o Estado, os municípios do interior receberam maior volume de recursos, com melhor desempenho em percentual, cerca de 60,42%. A capital representa 39% da aplicação total.

Taxa de juros

Outro diferencial do Mais Crédito Amazonas é a concessão de bônus de adimplência de 25% de desconto sobre os juros, reduzindo para 4,5% ao ano para os microempreendedores que pagarem em dia, estimulando uma cultura de responsabilidade.

Formas de acesso

Todo o processo do crédito é feito de forma online, por meio do Portal do Cliente, no site da Afeam (www.afeam.am.gov.br). Para operações do setor primário, os interessados devem procurar a unidade local do Idam no seu município com a documentação completa, conforme relação de documentos disponível no site da Afeam (www.afeam.am.gov.br).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email