Não somos um país sem sucesso; muito menos sem progresso. O pior, fruto dos anos perdidos, já fora enterrado porque se muitos se acostumaram com anos e anos de catástrofes em vários segmentos, notadamente na economia; hoje mesmo com a pandemia nosso PIB crescera. Ainda temos oportunistas que subservientes a interesses escusos combatem a reconstrução; agem como comunistas ditadores ao implantarem medidas que conduziram o comércio, as indústrias e o segmento de serviços a uma derrocada da noite para o dia. E, mesmo diante de todas as adversidades, a queda na produção em fevereiro fora de apenas 0,7% em comparação com janeiro, segundo o IBGE. As piores quedas se deram no Ceará, Pará e Bahia, com variações de -7,7%; -7,4% e -5,8%, respectivamente. Mas se considerarmos que fevereiro fora um mês onde a economia atingida pelo LOCKDOWN imposto por vários governadores e prefeitos, ainda houvera um crescimento de 0,4%; sendo bastante significativo. Não há sinais de arrefecimento, o que revela um certo sucesso e com o ingresso do auxílio emergencial teremos um comércio mais ativo, afastando o quadro sombrio que fará parte do passado. Com certeza muito contribuíra para o crescimento a implantação da CPI pelo Senado, a qual investigará os desvios dos valores transferidos pelo governo federal a cada governador. Nesse sentido, milagres estão acontecendo como o ocorrido na Bahia, onde “a fila de pacientes com Covid-19 que se encontravam intubados e aguardavam vagas nas unidades de emergência quase fora zerada”. Aliás, desse governador e de muitos outros comunistas e ladrões dos cofres públicos só podemos esperar que a Polícia Federal os coloque na cadeia o mais rápido possível.

Contudo, esperar de quem tem o dever ético de investigar antes de atacar; um comportamento criminoso considerado um “massacre” contra um presidente  eleito democraticamente pelo povo, algo parecido com uma guerra fulcrada em atos sórdidos, seria acreditar em Papai Noel. A mídia derrotada nas urnas não só atenta contra a democracia mas pensa em se sentir dona dos destinos do Brasil. Intolerável a manipulação de notícias, sempre pinçadas de um contexto verdadeiro para somente levar ao público matérias montadas, praticando um jornalismo sem ética que, inclusive, mal sobrevive da torpeza de seus atos. Há uma perseguição covarde, própria dos canalhas, onde se sobressai a Rede Globo, cujos proprietários já estão indiciados por serem sonegadores de tributos federais. Lutemos pela manutenção da liberdade, do trabalho, da família como a célula mater e da dignidade de nosso povo em prol do verdadeiro Estado Democrático de Direito.

E lutemos também para que o combalido e desmoralizado STF não pense que será a instituição mais poderosa do nosso país; até porque seus membros foram indicados sem procuração, sem concurso e alguns sem currículo. E ao tentarem se colocar acima da supremacia popular também ferem a Carta Magna; já constantemente rasgada justamente por quem deveria defendê-la. E, se há descrédito é porque há ilegalidade e autoritarismo sempre favorecendo os criminosos e os condenados; de nada valendo as decisões de outros Tribunais Superiores. Onde pretende o STF chegar?

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email