Lupi destaca empregos no Amazonas

O ministro do Trabalho e Emprego Car­los Lupi, saiu da visita feita à Moto Honda da Amazônia entusiasmado com o trabalho social desenvolvido na empresa. A visita à maior empresa do PIM (Pólo Industrial de Manaus) no segmento de duas rodas fez parte da programação do ministro a capital amazonense, onde se encontrou ainda com o governador Eduardo Braga e despachou com a superintendente da Suframa Flávia Grosso.
Segundo Carlos Lupi o Amazonas foi o destaque da região na geração de empregos em janeiro em compação a dezembro de 2007, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).
O crescimento passa pela indústria de transformação, principalmente do setor de duas rodas. O resultado pro­porcionou ao maior Estado da região a décima primeira posição no ranking por unidade da federação. Ao todo, a região Norte gerou 1.206 empregos.
Segundo Carlos Lupi a visita técnica à Honda serviu para agregar subsídios para o conhecimento do modelo ZFM (Zona Franca de Manaus), que, na opinião dele, está esta­bilizado e é de grande importância para as divisas do país e principalmente na geração de emprego for­mal. “A Moto Honda da Amazônia tem uma importância estratégica, com representação em mais­ de 60 países, com os tra­balhadores brasileiros, con­siderados os de maior pro­dutividade”, destacou.­­
Para o diretor-executivo da Moto Honda da Amazônia, Paulo Takeuchi, a presença dele na empresa é importante no momento em que uma autoridade constituída conhece, in loco, os empregos gerados e os benefícios que os colaboradores e seus dependentes recebem.

Zonas de
processamento

Ao ser interpelado sobre as ZPEs (Zonas de Processamento de Exportações), o ministro disse que o setor de duas rodas não deve ficar preocupado com os 20% de internação. Para ele, a venda interna será abocanhada pelo setor nacional com tranquilidade. Ele afirmou que, após conhecer de perto o modelo ZFM, passa a ser mais um aliado do Amazonas, pois o Estado mantém com dinamismo o emprego formal e isso é importante para o Brasil e, principalmente, para o trabalhador brasileiro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email