Lula marca roupa com amostra do pré-sal no ES

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a sujar as mãos de óleo e carimbá-las no macacão que usava ao participar da cerimônia de início de extração de petróleo da camada pré-sal, a bordo da plataforma JK P-34, no campo de Jubarte (ES), na bacia de Campos.
Entre os presentes estavam o ministro Edison Lobão (Minas e Energia), Dilma Roussef (Casa Civil) e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli.
Com a produção inicial em Jubarte, a Petrobras obterá conhecimento para ajudar a desenvolver as reservas do pré-sal localizadas no Espírito Santo e em outros pontos do litoral brasileiro.
A produção em Jubarte começa com um chamado TLD (Teste de Longa Duração), em que se observa o comportamento do óleo do pré-sal, tanto no reservatório como na planta de processo da plataforma. O procedimento deve durar de seis meses a um ano.
Do ponto de vista operacional, no campo de Jubarte a camada de sal tem apenas 200 metros, enquanto só a camada de sal a ser atravessada na bacia de Santos pode superar 2.000 metros -com profundidade total de 7.000 metros. Ao contrário do grande potencial existente na bacia de Santos -onde só para o campo de Tupi são estimadas reservas de até 8 bilhões de barris-, a Petrobras não divulgou projeções sobre as reservas do pré-sal de Jubarte.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email