Lula diz que acordo não pode esperar pelas eleições dos EUA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ainda que o mundo não pode esperar pelas eleições norte-americanas para negociar a Rodada Doha. Após fazer o discurso de abertura da Assembléia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York, nos Estados Unidos, Lula se disse otimista sobre Doha e acredita que o acordo pode ser fechado ainda neste ano.

“Eu espero que o acordo não espere as eleições americanas. Aliás, o mundo não pode esperar as eleições americanas para que a gente faça o acordo. Daqui a pouco você vai dizer que o Brasil não fará acordo porque o Congresso não tem uma maioria favorável ao acordo. Não é possível. Eu estou convencido de que o povo americano e o governo americano sabem que o mundo precisa desse acordo, e sabem que todos nós precisamos fazer os nossos gestos”, disse Lula aos jornalistas após o discurso de abertura da ONU.

A declaração de Lula foi uma resposta para uma pergunta sobre uma matéria do “Financial Times” que na edição de ontem teria publicado que o Congresso norte-americano estaria cético em relação a um acordo sobre Doha e que os democratas acreditam que essa negociação só será fechada por Hillary Clinton.

Ao contrário da previsão do ‘Financial Times’, Lula disse que acredita na possibilidade de fechar esse acordo ainda no final deste ano. “É por isso que eu estou mais otimista. Eu estou convencido de que ainda neste ano nós poderemos fechar, tranqüilamente, esse acordo, para a felicidade de todos nós”. Sobre o encontro com o presidente dos EUA. George W. Bush, Lula disse que existe um “tripé de desejos e de aspirações que está na mesa de negociação”. “Cada dia que passa, a cada reunião, cada vez que o Celso Amorim, ministro das Relações Exteriores vai a Genebra, a gente avança um milímetro”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email