Lula defende transporte integrado para desafogar rodovias brasileiras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem a necessidade da integração entre os meios de transporte para levar mercadorias aos estados no Brasil. Além disso, Lula afirmou que para aumentar as exportações brasileiras é preciso investir em infra-estrutura de transporte. Lula disse ainda que não pretende retirar as carretas das estradas brasileiras com o incentivo produção de locomotivas, mas sim diminuir a quantidade de caminhões nas estradas e a duração das viagens. De acordo com ele, a distância do percurso é um dos fatores que encarece o valor dos produtos.
Um caminhão não pode transportar uma carga por dois, três mil quilômetros. Temos que construir e aprender a conviver com terminais que possam fazer com que os caminhões sejam apenas os ‘entregadores’ em curta distância, e os trens e o transporte marítimo se encarregue de fazer o restante do transporte”, disse ao discursar em Contagem (MG) na cerimônia de entrega da primeira locomotiva de grande porte fabricada no Brasil. Os trens, produzidos pela empresa General Eletric Transportation, serão usados para transportar minério.
A tecnologia vai servir ainda para o país melhorar o desempenho na área de exportação, de acordo com Lula. O Brasil nos próximos anos se transformará em um grande exportador mundial e sabemos que para isso precisamos ter meios de transporte ágeis e baratos Temos que fazer nossas ferrovias chegar aos principais portos e construir novos portos

Importância da construção

Lula destacou também a importância da construção da Transnordestina, ferrovia que liga Pernambuco ao Ceará, para os empresários desses estados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email