Luiz Inácio quer redução no preço do gás de cozinha

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na sexta-feira em Custódia (PE) que pretende que o governo federal reduza o preço do gás de cozinha por considerar que o valor atual, entre R$ 38,00 e R$ 40,00 por botijão de 13 quilos, é muito alto

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na sexta-feira em Custódia (PE) que pretende que o governo federal reduza o preço do gás de cozinha por considerar que o valor atual, entre R$ 38,00 e R$ 40,00 por botijão de 13 quilos, é muito alto.
Segundo ele, o governo já analisou várias vezes a redução de preço, mas que agora vai tomar uma decisão.
“É uma coisa que queremos, ver se reduz o preço do gás porque as pessoas pagam caro por um tonel que está R$ 38,00, R$ 40,00, e o pobre às vezes paga mais”, afirmou.
O preço do gás é livre no mercado, mas controlado pelo governo na refinaria por meio da Petrobras.
O último reajuste do gás de cozinha registrado na refinaria ocorreu em 29 de dezembro de 2002, antes da posse de Lula. Foi de 7,7%.
Lula voltou a falar do termo marolinha, que usou no ano passado para definir o que ele considerava que seria o impacto da crise econômica global sobre o Brasil.
“Vocês estão lembrados de quando eu falava que a crise era uma marola no Brasil? Eu fui achincalhado. Quantas pessoas faziam análise da minha fala pela leitura dos jornais. Então, alguns jornais brasileiros torciam -os jornais, não, alguns jornalistas- torciam para que a crise arrebentasse o Brasil”, disse.
E continuou, exemplificando: “Sabe aquele cara que viu o outro com uma namorada bonita e, em vez de falar: “Vou arrumar uma igual”, ele fica com inveja? E fica torcendo para o caminhão atropelar na praia? É assim que as pessoas esperavam a crise no Brasil”, concluiu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email