Luiz Castro quer o fim da novela “José Melo”

Na corrida pela indicação de um nome para ocupar a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, o deputado Luiz Castro (PPS) fez severas criticas à falta de decisão do Legislativo que, segundo ele, há meses se faz inerte, diante de uma situação paradoxal, que exige apenas dos parlamentares o cumprimento do dever para viabilizar o funcionamento do tribunal.

Disse também não mais aceitar como principal hipótese da demora no processo de escolha, de que tudo depende da iniciativa do atual secretário de governo, José Melo, que concorre a uma vaga, porém sua indecisão entre o cargo que ocupa e o TCE, está prejudicando todo o andamento do processo, como se Melo tivesse o poder sobre o poder, numa decisão que pertence unicamente ao Parlamento.
Lembrou Luiz Castro que é um deputado independente, não pertencendo a bancada do governo e, por isso, tem a liberdade de dizer aquilo que pensa, mas com seu mandato não lhe permitindo ficar omisso diante de uma situação de inércia da Casa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email