Lucro líquido global da ­­Coca-Cola sobe 13% no ­terceiro trimestre

A Coca-Cola anunciou lucro líquido de US$ 1.65 bilhão (US$ 0.71 por ação) no terceiro trimestre de 2007, com destaque para a leve melhora no volume de embarques no mercado norte-americano. O desempenho representa alta de 13% na comparação com igual período do ano passado, quando o grupo lucrou US$ 1.46 bilhão (US$ 0.62 por ação).

A receita da maior fabricante de refrigerantes do mundo subiu 19% no período, passando de US$ 6.45 bilhões para US$ 7.69 bilhões. Desse avanço, oito pontos porcentuais são atribuídos às aquisições e quatro pontos à depreciação do dólar.

O volume de vendas por unidade cresceu 6% pelo terceiro trimestre consecutivo, puxado pela alta de 8% na divisão international. A América do Norte apresentou uma alta modesta de 1%, enquanto na União Européia os volumes caíram 2%. “Mais uma vez, o bom desempenho foi conduzido por nossa divisão internacional”, observou o chairman e executivo-chefe do grupo, Neville Isdell.
A receita do grupo na América do Norte saltou 21% no período, impulsionada por aquisições, alta de preços e fortes vendas de produtos mais caros como o Powerade e outras bebidas energéticas O faturamento na União Européia, região que responde por 30% dos lucros da companhia, subiu 6%, influenciada pela depreciação do dólar e alta de preços.

No pré-mercado em Wall Street, as ações da Coca-Cola subiam 0 90% na bolsa de Nova York, cotadas em US$ 58.28.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email