11 de abril de 2021

Lúcia Antony ataca privatização de feiras

“Não faz sentindo essa privatização. Com isso aumentaria o custo dos feirantes e ficaria cada vez mais difícil de se trabalhar. Cairia bastante a renda. Isso é um absurdo. Essa política neoliberal de privatização faz parte do estado íntimo do prefeito"

Vereadora Lúcia Antony (PC do B) é contra privatização das feiras e mercados de Manaus. Representante da CMM (Câmara Municipal de Manaus) na IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, a vereadora Lúcia Antony do (PC do B) conseguiu aprovar por aclamação uma moção de repúdio à política de privatização das feiras e mercados de Manaus. Para a parlamentar, as feiras e mercados precisam ser instrumentos de bom alimento.
“Não faz sentindo essa privatização. Com isso aumentaria o custo dos feirantes e ficaria cada vez mais difícil de se trabalhar. Cairia bastante a renda. Isso é um absurdo. Essa política neoliberal de privatização faz parte do estado íntimo do prefeito Amazonino Mendes que não percebe o mal que causaria aos feirantes”, reclamou.
A parlamentar disse que o primeiro passo a ser tomado para que essas feiras e mercados não sejam privatizados, é ter uma gestão adequada e investir na produção agrícola. “O mercado tem que disciplinar a venda dos produtos para que não tenha prejuízos nesse processo e nem na compra, pois o agricultor também precisa ter sua renda. Não podemos pensar apenas nos feirantes, mas também nos agricultores”, comentou a comunista.
O vereador Wilker Barreto (PHS), que pertence a base governista na Câmara, disse que o projeto consiste em uma medida acertada do prefeito Amazonino Mendes. “Manaus é uma metrópole com pensamentos de província. Se o prefeito não fizer isso como vão ser criados os shoppings populares? Esse projeto de privatização das feiras e mercados modificará os hábitos da cidade de Manaus, como por exemplo São Paulo e Belo Horizonte. Lá, as feiras e os shoppings populares são um sucesso”, comemorou. Segundo o vereador, o prefeito já vem dialogando com os vendedores ambulantes e feirantes e corre contra o tempo. Eu acho que esse projeto trará grandes benefícios para a cidade de Manaus e o prefeito Amazonino Mendes tem o meu total apoio”, defendeu.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email