16 de abril de 2021

Logística empresarial e os custos definidos

Começou a precisar de armazenagens e surgiu a necessidade de trocas/comercialização com se us vizinhos

Na verdade, a logística sempre existiu, desde os tempos mais remotos quando o homem começou a produzir no local mais do que necessitava. Começou a precisar de armazenagens e surgiu a necessidade de trocas/comercialização com se us vizinhos e, conseqüentemente, transporte. Isto já era logística de uma forma potencial, não tão tecnologicamente avançada e integradora como moderna logística, mas já era logística.
Evoluiu sendo utilizada nas guerras estudando e planejando a movimentação e o deslocamento das tropas, suprimentos e equipamentos. Dadas as características da logística desenvolvidas para fins militares apresentarem muita afinidade com as atividades industriais, passou a ser utilizada nas empresas com mesmo sucesso, dando origem a logísticas empresarial.

Hoje, a logística mais do que nunca é um fato econômico que tanto os recursos quanto os seus consumidores estão espalhados numa ampla área geográfica. Além disso, os consumidores, não residem próximos donde os bens ou produtos estão localizados.

Este é o problema enfrentado pe la logística: diminuir o hiato entre a produção e a demanda, de modo que os consumidores tenham bens e serviços quando e onde quiserem, e na condição física que desejarem.

A Logística Empresarial estuda como a Administração pode prover melhor o nível de rentabilidade nos serviços de distribuição aos clientes e consumidores, através de: Planejamento, Organização e Controles (movimentação + armazenagem) . Tudo isso para propiciar uma facilidade ao fluxo de produtos.

É fato que somente nos últimos anos é que ganhos substanciais nos custos foram conseguidos, graças à coordenação cuidadosa destas atividades logísticas. Os ganhos em potenciais resultantes de se rever a administração das atividades logísticas esta transformando a disciplina numa área vital para uma grande va riedade de empresas.

Mas, ainda nos dias de hoje o custo da logística no produto final das empresas ainda é muito alto, gira em torno de 15% a 16%, mas em alguns segmentos pode chegar até a 30%. Em países desenvolvidos gira em torno de 9% a 10%.

Isso significa muito para o país se considerarmos um PIB (Produto Interno Bruto) anual de US$ 30 bi lhões. Dá para fazer estradas, porto, ferrovia, dá para fazer muita coisa se nós visualizarmos a perda que temos com os custos logísticos das empresas no país.

Para mudar este quadro, o empresariado precisa primeiro ter a visão do custo total, pois pode parecer loucura mas muitos se quer têm idéia disso.

Eles vão saber responder de ime diato qual o custo da armazenagem, qual o custo do transporte. Mas o custo total, com todos os seus componentes, são poucas as empresas que estão medindo e acompanhando esses custos dentro da organização.

A segunda abordagem é saber o que se pode aumentar e diminuir dentro dessa equação para que o custo total seja menor. Por exemplo: eu posso aumentar um pouco o custo do transporte para reduzir o custo de armazenagem, o que vai gerar uma queda do custo total. Ou eu posso aumentar o processamento de pedidos para o caminhão não ficar parado esperando na fila do Porto, entretanto, reduzo o custo total.

Essa visualização do custo logístico é muito importante para as empresas. Poucas têm isso ou por falta de conhecimento técnico, ou até mesmo por falta de um departamento de logística estruturado da empresa. Muitas vezes a logística está nas organizações, mas de forma diluída. Ou seja, quem cuida do abastecimento é um, da logística interna é outro, da distribuição é outro ainda, bem como quem cuida do transporte, da armazenagem, do estoque e dos pedidos. Aí você tem a logística sem ter o departamento de logística dentro da empresa.

A logística pensada e aplicada de forma adequada, pode dar velocidade à empresa propiciando uma relação muito feliz entre ela e o cliente final. A luz da verdade, sabemos que o índice de satisfação do cliente final em muito poderá ser melhorado pois tudo o que o cliente quer é : produto certo

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email