Log-In vai investir US$ 350 milhões em navios até 2013

Empresa de logística cujo maior acionista é a CVRD (Companhia Vale do Rio Doce), a Log-In pretende construir até 2013 cinco navios para transporte de contêineres, no valor total de US$ 350 milhões. Isso aumentará em 200% a capacidade de serviço de navegação da Log-In, dos atuais 4.500 TEUs (unidade que corresponde a um contêiner de 20 pés) para 13,5 mil TEUs.
Fundada pela Vale em 1962 com o nome de Docenave, a empresa foi recriada em 2007 com um novo nome, quando os ativos dos serviços intermodais (ferrovia, porto e rodovia) foram agrupados e desvinculados da estrutura da Vale do Rio Doce. Agora, a companhia também conta com participação minoritária da empresa japonesa Mitsui, e tem cinco navios.
As novas embarcações serão construídas no estaleiro Eisa, Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro, e terão capacidade de transporte de 2.700 TEUs cada.
“Esse volume é três vezes maior do que a capacidade de um navio médio que temos hoje”, disse o diretor-presidente da empresa, Mauro Dias. Do custo total dos navios, a empresa financiará até 90% do total do empreendimento, com recursos do FMM (Fundo da Marinha Mercante) –que já deu sinal verde ao projeto– utilizando o Banco do Brasil como agente financeiro repassador dos recursos. “É o ponto principal de nosso plano de investimentos”, disse.
Além disso, Dias informou que serão investidos R$ 65 milhões no TVV (Terminal de Vila Velha), no porto de Vitória (ES). Com isso, a capacidade do terminal crescerá 80% até 2010, para 550 mil TEUs. Outro plano ambicioso da empresa é no setor de transporte de cargas.

Planejamento Estratégico

A Log-In, que atualmente aluga todos os contêineres que utiliza, pretende comprar 75% do total de sua frota, atualmente com 8.000 contêineres, em um período de cinco anos. Isso fará com que, em 2013, a Log-In seja proprietária de 17 mil contêineres –visto que, com aumento de capacidade de navegação da companhia, a empresa também elevará o número de contêineres utilizados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email