Livros para ouvir despontam no mercado

Um feito histórico colocou os audiolivros em destaque este ano. Pela primeira vez, a tradicional feira do livro de Frankfurt, na Alemanha, reservou um espaço exclusivo (de 660m²) para esse tipo de obra.

Para quem ainda não conhece, os audiolivros – ou audiobooks – são as adaptações faladas dos livros convencionais. Com os aplicativos certos, o leitor/ouvinte pode baixar e ouvir o conteúdo em qualquer lugar.

De acordo com o jornal Nexo, o consumo é tendência para 2020 – e os formatos vêm se aprimorando. Além da narração tradicional, efeitos sonoros e até vozes alternativas para os personagens já podem ser encontradas.

O formato de audiolivros também permite o consumo por assinatura – algo que já acontece com as obras físicas.

A AutiBooks, por exemplo, uma editora do gênero criada pelos sócios da Sextante, Intrínseca e Record, cobra R$19,90 por mês do usuário para disponibilizar um audiolivro a cada 30 dias.

Lançada em junho de 2019, a plataforma concorre com outras como Ubook, Tocalivros e a sueca Storytel, que oferece um plano no valor de R$ 27,90.

Atualmente, os Estados Unidos são o maior produtor e consumidor de audiolivros do mundo. O faturamento foi de US$940 milhões em 2018 e mais de 44 mil títulos lançados.

A Audible, empresa da Amazon para o segmento, é a maior do mercado americano, inclusive com produção exclusiva de histórias para a plataforma. Segundo os dados de venda, é a ficção que faz mais sucesso, principalmente audiolivros de mistério, suspense, fantasia e ficção científica.

Para atrair ainda mais o público, as editoras contam com celebridades para narrar as histórias. Michelle Obama, ex-primeira-dama norte-americana, narrou seu próprio livro – “Minha História”–, Scarlett Johansson, Meryl Streep e Jane Fonda também já colocaram suas vozes em obras para a plataforma.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email