Linha de crédito do BB ultrapassa R$ 1 bi contratado em três meses

Após três meses do lançamento, o BB Giro Empresa Flex, linha de crédito do Banco do Brasil para empresas, registra volume de contratações superior a R$ 1 bilhão e cerca de 18,6 mil clientes atendidos. Criada para apoiar a gestão do fluxo de caixa das empresas, a linha de crédito atende as necessidades financeiras de capital de giro e de financiamento para aquisição de bens e serviços. O produto permite total flexibilidade na negociação das suas condições –taxa, prazo, cronograma de reposição e valor das parcelas–, além de combinar, em um único contrato, duas modalidades de crédito: capital de giro e financiamento de bens e serviços.

Com isso, o empresário tem os recursos para o dia-a-dia e ainda pode comprar matéria-prima, realizando o pagamento diretamente ao seu fornecedor, sem trânsito dos valores por sua conta corrente.

O BB Giro Empresa Flex tem como público-alvo pessoas jurídicas com faturamento superior a R$ 2,133 milhões por ano e que tenham, no mínimo, 12 meses de atividade e avaliação prévia do risco de crédito pelo Banco do Brasil.

Pagamento é de 24 meses

O BB Giro Empresa Flex tem como público-alvo pessoas jurídicas com faturamento superior a R$ 2,133 milhões por ano e que tenham, no mínimo, 12 meses de atividade e avaliação prévia do risco de crédito pelo Banco do Brasil.
O prazo de pagamento é de até 24 meses e taxa de juros estabelecida de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

A empresa pode definir o cronograma para pagamento das parcelas de acordo com o seu fluxo de caixa: mensal, bimestral, trimestral, quadrimestral, semestral ou cronograma livre.

O valor das parcelas também é flexível, podendo ser iguais ou variáveis. Além disso, os valores pagos poderão ser reutilizados.

Pasep está disponível

De acordo com levantamento realizado pelo Banco do Brasil, cerca de 183 mil pessoas ainda não foram às agências em busca do abono anual do Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público), deixando de sacar uma quantia próxima de R$ 67,5 milhões.
O Banco do Brasil já pagou 1,9 milhão de abonos aos participantes cadastrados no Pasep até na última sexta-feira, 28. Esse número representa 91% de um total de 2,1 milhão de beneficiários com direito a saque de um salário mínimo.

Tem direito ao abono todo trabalhador cadastrado no Programa há pelo menos cinco anos que conste na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) do seu empregador e tenha trabalhado no mínimo 30 dias durante o ano de 2005, com renda média mensal de até dois salários mínimos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email