Lenovo anuncia desktop ultraportátil reciclável

O Grupo Lenovo anunciou ontem o desktop Blue Sky, o menor, mais silencioso e mais eficiente em energia modelo da linha computadores de mesa da fabricante. Segundo a indústria, 90% dos materiais da nova CPU podem ser reciclados.
Com um preço inicial de US$ 400 (depois de descontos), o novo ThinkCentre A61e -nome oficial do modelo- chega ao mercado no próximo mês. Com o tamanho aproximado de uma lista telefônica, a CPU pesa pouco mais de 3,5 quilos e é cerca de 25% menor que o modelo ThinkCentre anterior, disse a Lenovo.
O Blue Sky também é o primeiro PC com funcionalidades completas a rodar com 45 watts de energia, o que significa que ele pode ser abastecido por um painel solar ou pelo equivalente ao necessário para ascender três lâmpada fluorescentes compactas, disse um porta-voz da Lenovo.
O modelo pode vir com processador AMD (Advanced Micro Devices) Athlon 64×2 dual-core ou AMD Sempron, com opções de disco rígido variando de 80GB (gigabytes) a 750GB. O modelo tem memória de 4GB e vem com Windows Vista Business ou Windows XP Professional.
O preço de US$ 400 é referente apenas à CPU -monitor, teclado e mouse não estão inclusos.
Segundo a Lenovo, o Blue Sky é voltado principalmente a pequenas empresas e aos setores de educação, saúde e finanças, onde o espaço físico para o desktop é limitado.
O apelido do modelo deriva do fato de que ele é feito 90% de materiais reusáveis ou recicláveis e 90% do gabinete é reciclável. Segundo a Lenovo, a IDC prevê mais de 54% de crescimento para o segmento de PCs ultramóveis, entre 2005 e 2010.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email